Pouso de emergência de avião na Rússia deixa 13 mortos

Um problema elétrico teria causado um incêndio em pleno voo

Por AFP

Avião pegou fogo ao fazer pouso de emergência
Avião pegou fogo ao fazer pouso de emergência -
Moscou - O acidente com um avião de passageiros russo que pegou fogo em pleno ar neste domingo (5) e teve que fazer um pouso de emergência no aeroporto de Moscou deixou 13 mortos. O Sukhoi Superjet 100 da companhia aérea Aeroflot, que fez um pouso de emergência no aeroporto Sheremetievo, de onde havia saído com direção a Mursmank, no extremo norte da Rússia, "enviou um sinal de emergência logo após a decolagem, fez uma primeira tentativa fracassada de pouso de emergência e depois, na segunda, bateu com a fuselagem no solo", disse uma fonte do aeroporto citada pela agência de notícias Interfax.
De acordo com a agência Ria Novosti, um problema elétrico teria causado um incêndio em pleno voo. Imagens de televisão mostraram chamas saindo da aeronave durante a tentativa de pouso. "Uma investigação criminal foi aberta por violação dos regulamentos de segurança", informou o Comitê Russo de Pesquisa em um comunicado.Todos os passageiros foram evacuados do avião.
O Superjet-100 foi o primeiro avião civil projetado na Rússia após o colapso da União Soviética. Motivo de orgulho na época de seu lançamento, desde então tem sido criticado e teve pouquíssima aceitação fora do mercado russo e várias empresas estrangeiras mencionaram problemas de confiabilidade.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários