Putin leva sua própria caneca para a cúpula do G20 e levanta rumores

Boatos sobre motivo que levou presidente russo a levar a própria caneca foram tantos que porta-voz teve que se pronunciar: é a caneca em que ele bebe chá

Por AFP

Presidente da Rússia, Vladimir Putin na cúpula do G-20
Presidente da Rússia, Vladimir Putin na cúpula do G-20 -
Osaka, Japão - Medo de um envenenamento ou um novo golpe de efeito? O presidente russo Vladimir Putin levou sua própria caneca térmica para o jantar oficial desta sexta-feira do primeiro dia do G20, desencadeando todos os tipos de rumores, a ponto de o porta-voz do Kremlin reagir a eles.

Putin foi fotografado e filmado enquanto bebia em sua caneca isotérmico branca, ao passo que o resto dos líderes mundiais usavam o copos comuns.


Imagens de televisão mostraram Putin brindando à distância seu colega americano, Donald Trump, ambos de cada lado do anfitrião, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

"Se vocês tivessem visto o que eu vi, também teriam trazido sua própria caneca", comentou no Twitter a conta satírica em inglês @DarthPutinKGB, uma referência sarcástica aos envenenamentos que sofreram ex-agentes e opositores russos.

No entanto, a caneca branca com o emblema da Federação Russa já apareceu em imagens anteriores: Putin a tinha a seu lado na semana passada, durante a sua transmissão anual na televisão russa.

O Kremlin quis rapidamente neutralizar a controvérsia.

"O que acontece é que ele bebe chá constantemente com essa caneta térmica", explicou seu porta-voz, Dmitri Peskov.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários