Como a China está usando drones para combater o coronavírus

Nos últimos meses, o governo chinês têm implementado cada vez mais drones em suas medidas contra o avanço da Covid-19. Tecnologia é usada para entregar remédios, comidas e desinfetar espaços públicos

Por

Drones estão sendo usados para entregar comidas e remédios
Drones estão sendo usados para entregar comidas e remédios -
Rio - Desde o início da pandemia da Covid-19, recursos tecnológicos têm sido fundamentais para ajudar governos a combater o vírus e a estabelecer novas alternativas para manter o funcionamento da sociedade - especialmente na China, primeiro país atingido.
Nos últimos meses, o governo chinês têm implementado cada vez mais drones em suas medidas contra o avanço do coronavírus no país. Segundo um artigo publicado pelo Fórum Econômico Mundial, essas medidas podem servir de modelo para outros países e, a longo prazo, podem ser replicadas por serviços de saúde pública e privada pelo mundo para mitigar os efeitos de possíveis futuras pandemias. 
O artigo lista três utilidades dos drones durante a combate ao coronavírus na China:
Entregar remédios
Utilizar drones para entregar remédios pode acelerar o transporte em casos críticos e, além disso, reduzir o contato humano desnecessário durante a entrega. Na China, esse método de entrega começou a usar usado no final de fevereiro, quando o vírus tinha matado cerca de 600 pessoas no país. 
A utilização de drones reduziu algumas rotas de entrega de remédios e suplementos em até metade do tempo e, dessa forma, pôde aumentar as chances de alguns pacientes sobreviverem. No ápice da operação no país -  que exigiu um esforço coordenado entre departamentos de Saúde, empresas de drones e empresas de aviação (para aprovar rotas e garantir que nenhum acidente ocorresse) -, mais de 20 entregas foram feitas por dia.
Entregar comida
Com uma série de medidas restritivas em todo o país, o acesso à alimentação também foi impactado durante o in&iac
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O DiaFaça uma contribuição

Comentários