Redes bombam com filme chamado 'Coronavírus' lançado em 2013. Será verdade?

Desvendamos o mistério da produção que está deixando os internautas curiosos

Por AFP

Filme chamado 'Coronavírus' lançado em 2013 é fake news
Filme chamado 'Coronavírus' lançado em 2013 é fake news -
Rio - “Coronavírus: o início da epidemia”: este seria o nome de um suposto filme de origem coreana lançado em 2013, segundo publicações compartilhadas milhares de vezes em redes sociais, fazendo referência à atual pandemia. No entanto, o filme em questão foi intitulado “A Gripe” no mercado brasileiro e fala sobre uma mutação da gripe H5N1 e não sobre o vírus detectado no final de 2019 na China.
“Antes dessa epidemia brotar eles já tinham feito um filme. Malditos… Só para lembrar esse filme foi lançado em 2013”, diz uma publicação compartilhada centenas de vezes no Facebook desde o último dia 22 de março. A legenda acompanha uma foto da capa de um DVD supostamente intitulado “Coronavírus: o início da epidemia”, em espanhol.

Galeria de Fotos

Filme em questão foi intitulado "A Gripe" no mercado brasileiro e fala sobre uma mutação da gripe H5N1 e não sobre o vírus detectado no final de 2019 na China Reprodução
Filme chamado 'Coronavírus' lançado em 2013 é fake news Reprodução


A imagem foi compartilhada em diversas outras postagens no Facebook (1, 2, 3) e, em menor escala, no Twitter (1, 2, 3), com alguns usuários sugerindo que a existência deste filme provaria que o vírus causador da epidemia atual já existia antes de sua detecção, no final de 2019. A mesma alegação circulou amplamente em espanhol.

Uma busca reversa* pela foto, no entanto, leva, entre outros resultados, a um artigo de 10 de fevereiro de 2020 do jornal mexicano La Razón, do estado de Nuevo León, intitulado “Coronavírus chega a Tepito com o filme pirata ‘O início da epidemia’”.

O artigo afirma que, em uma feira do bairro de Tepito, na Cidade do México, “os vendedores do Bairro Bravo [apelido dado à área] não perderam a oportunidade e começaram a comercializar filmes piratas sobre o surto surgido em Wuhan, na China, embora já existissem, e somente os ‘renomearam’”.

A matéria mostra uma publicação feita em 8 de fevereiro no Facebook que realmente faz referência a Tepito, mas nada mais indica que a foto tenha sido feita no bairro mexicano.

A busca reversa também levou à imagem de um pôster similar ao da foto viralizada, mas com o título “Flu” no lugar de “Coronavirus”.

Ao fazer uma busca por filmes no banco de dados Internet Movie Database (IMDb), a equipe de checagem da AFP não localizou longas metragens intitulados “Coronavirus”, mas sim uma produção de origem coreana lançada em 2013 com o nome “Gamgi”, dirigido por Kim Sung-su, autor de obras como o drama “City of the rising sun” (1998) e o filme de ação “Asura” (2016).

Na página do filme no IMDb, é possível consultar o nome com o qual ele foi lançado em diversos países, demonstrando que no Brasil ele foi intitulado “A Gripe”, nos Estados Unidos, “Flu” (gripe), na França, “Pandémie” (pandemia) e, na Espanha, “Virus” (vírus), entre outros. Nenhum dos títulos listados faz referência ao coronavírus.

Na galeria de fotos da película no IMDb também estão disponíveis várias imagens promocionais oficiais, entre elas a foto viralizada, mas com uma diferença: a capa não leva o nome “Coronavirus”, mas o título “Gamgi”, escrito em coreano, e o subtítulo “The Flu”, em inglês.
Uma busca pelas palavras-chave “filme A Gripe” mostra que o longa está disponível na plataforma Netflix. No Brasil, a produção figura entre as 10 mais assistidas no serviço de streaming neste dia 25 de março, momento em que a covid-19 deixou mais de 46 mortos e 2.201 casos confirmados no país.
“Tomada por uma doença letal, uma região da Coreia do Sul vive dias caóticos ao entrar em quarentena”, indica a sinopse de “A Gripe”, na Netflix.

No IMDb, o resumo afirma: “O caos ocorre quando um vírus letal transmitido pelo ar infecta a população de uma cidade da Coreia do Sul a menos de 20 quilômetros de Seul”.

No entanto, o “vírus letal” do qual fala a película não é o novo coronavírus, detectado em dezembro de 2019, mas uma mutação da gripe aviária A (H5N1), detectada em 1997 em Hong Kong, que se espalhou para outras áreas da Ásia, Europa e África a partir de 2003.

Em resumo, é falso que esta imagem mostre um filme coreano de 2013 intitulado “Coronavirus”, que fala sobre a doença covid-19. Seu nome original é “Gamgi”, lançado em português como “A gripe”, e trata de uma mutação da gripe A (H5N1).

*Uma vez instalada a extensão InVid & WeVerify no navegador Chrome, clica-se com o botão direito sobre a imagem e o menu que aparece oferece a possibilidade de pesquisa da mesma em vários buscadores.

Comentários