Mortos por COVID-19 passam de 68 mil no mundo

Desde o início da epidemia, foram contabilizados mais de 1.244.740 casos de contágio em 191 países ou territórios

Por AFP

Fotos feitas com microscópico mostram células do paciente sendo atacadas pelo coronavírus
Fotos feitas com microscópico mostram células do paciente sendo atacadas pelo coronavírus -
O novo coronavírus provocou pelo menos 68.125 mortes no mundo desde que surgiu em dezembro, segundo um balanço estabelecido pela AFP com base em fontes oficiais, neste domingo (5) às 16h de Brasília (19H00 GMT).

Desde o início da epidemia, foram contabilizados mais de 1.244.740 casos de contágio em 191 países ou territórios.

A cifra de casos diagnosticados positivos só reflete, no entanto, parte da realidade devido às políticas díspares nos diferentes países para estabelecer um diagnóstico e por alguns só realizarem testes em pessoas que precisam de hospitalização.

As autoridades consideram que até agora pelo menos 238.800 pessoas se curaram da doença.

Desde a véspera às 16h de Brasília foram registradas 4.690 novas mortes e 75.522 contágios no mundo.

Nas últimas 24 horas, os países que registraram mais mortos são Estados Unidos, com 1.082 novos óbitos, Espanha (674) e Reino Unido (621).

O número de mortos na Itália, que registrou o primeiro óbito vinculado ao vírus no fim de fevereiro, subiu para 15.877. O país registrou 128.948 contágios. Desde o sábado foram registrados 515 falecimentos e 4.316 novos contágios. As autoridades italianas consideram que 21.815 pessoas se curaram.

Depois da Itália, os países mais afetados foram Espanha, com 12.418 mortos e 130.759 casos; Estados Unidos, com 9.180 mortos (324.052 casos); França, com 8.078 mortos (92.839 casos), e o Reino Unido, com 4.934 mortos (47.806 casos).

A China continental (sem contar Hong Kong e Macau), onde a epidemia teve início no fim de dezembro, tem um total de 81.669 pessoas infectadas, das quais 3.329 morreram e 76.964 se curaram totalmente. Nas últimas 24 horas foram registrados 30 novos casos e três mortes.

Em número de casos, os Estados Unidos são o país mais afetado, com 324.052 infecções oficialmente diagnosticadas, entre elas 9.180 mortes e 16.789 curadas.

Desde o sábado às 16h de Brasília, Etiópia e Haiti anunciaram as primeiras mortes vinculadas ao novo coronavírus. O Sudão do Sul registrou os primeiros casos.

Neste domingo às 16h de Brasília e desde o início da epidemia, a Europa somava 49.137 falecidos (664.514 contágios); Estados Unidos e Canadá, 9.477 (339.442); Ásia, 4.192 (118.570); Oriente Médio, 3.794 (76.082); América Latina e Caribe, 1.053 (30.539); África, 431 (8.921) e Oceania, 41 (6.675).

Este balanço foi feito com base em dados das autoridades nacionais, compilados pelos escritórios da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Comentários