Trump e Putin elogiam a "cooperação" no aniversário de reunião histórica da II Guerra Mundial

"O feito heroico nunca será esquecido", segundo o texto.

Por AFP

Donald Trump
Donald Trump -
Washington - Rússia e Estados Unidos comemoraram neste sábado (25) uma união histórica entre as forças soviéticas e americanas durante a Segunda Guerra Mundial, em um exemplo de como seus países podem "fomentar confiança e cooperar".

A reunião das forças soviéticas e americanas no rio Elba em 25 de abril de 1945 é considerada um marco da Segunda Guerra Mundial, um presságio da derrota da Alemanha nazista.

O encontro do Elba "é um exemplo de como nossos países podem deixar de lado suas diferenças, fomentar a confiança e cooperar em nome de um objetivo comum", disse um comunicado conjunto do presidente russo, Vladimir Putin, e de seu homólogo americano, Donald Trump, publicado pelo Kremlin e pela Casa Blanca.

"Enquanto hoje trabalhamos para enfrentar os desafios mais importantes do século XXI, prestamos homenagem ao valor e à valentia daqueles que lutaram juntos para derrotar o fascismo", continua o comunicado.

"O feito heroico nunca será esquecido", segundo o texto.

Em um vídeo publicado no Twitter, o embaixador dos EUA na Rússia, Johan Sullivan, afirmou que o encontro do Elba foi "um símbolo do que podemos conseguir quando trabalhamos juntos por uma causa comum".

Comentários