Situação da pandemia melhora na Europa e piora globalmente, diz OMS

Entidade voltou a enfatizar necessidade de se encontrar e isolar casos suspeitos de covid-19

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus
Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus -
Suíça - Diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou, nesta segunda-feira, que o quadro da pandemia da covid-19 melhora na Europa, mas globalmente piora. O alerta foi feito durante entrevista coletiva virtual da instituição, na qual o etíope lembrou que já foram reportados à OMS quase sete milhões de casos da doença, com quase 400 mil mortes.

"Os países não devem relaxar agora na luta contra a pandemia", enfatizou, lembrando que, entre as medidas, rastrear contatos das pessoas contaminadas continua a ser crucial no combate ao vírus. Ele também voltou a insistir na necessidade de se encontrar e isolar os casos suspeitos, tratando os que foram confirmados e precisam de apoio médico.

Em sua fala, Ghebreyesus também citou a gravidade do quadro nas Américas. Ele relatou que, dos casos registrados no domingo, quase 75% vieram das Américas e do sul da Ásia.

Comentários