Nude de Donald Trump na Casa Branca vazou na Internet? Checamos!

Foto rapidamente ganhou popularidade nas redes sociais

Por O Dia

Suposto nude de Donald Trump vaza na internet
Suposto nude de Donald Trump vaza na internet -
Viralizou esse mês um suposto nude de Donald Trump passando por uma sessão de bronzeamento artificial em pleno Salão Oval, como é chamado o gabinete do presidente dos Estados Unidos. A foto rapidamente ganhou popularidade nas redes sociais, mas como o próprio líder norte-americano costuma falar com frequência, não passa de mais uma “fake news”.
A proliferação da foto começou a ser registrada na noite da terça-feira, dia 2 de junho, saltando de perfil em perfil do Twitter até ganhar outras redes, como o Facebook e o Instagram. A divulgação foi atribuída ao grupo hacktivista Anonymous, que ressurgiu após anos de inatividade em meio aos protestos antirracistras motivados pela morte de George Floyd na cidade de Minneapolis. O coletivo vem divulgando informações pessoais de autoridades brasileiras, inclusive, e expondo dados sobre os que se opõem à luta dos manifestantes ou que apresentam comportamentos discriminatórios.
Ainda não conseguiram chegar a um perfil pertencente ao grupo de hackers, que supostamente seria o responsável pela divulgação da imagem. O que se encontra, e aos montes, são usuários que falam no nome do grupo nas redes sociais e levam a fotografia adiante, com direito a muitas marcações nos perfis de Trump, da Casa Branca e também de páginas que divulgam fofocas de celebridades ou reúnem materiais íntimos vazados.
Existem, também, variações da fotografia que acompanham histórias mais completas, indicando que o clique teria sido feito por um funcionário do Serviço Secreto, que protege o presidente dos EUA, ou um de seus assessores. Algumas edições, por exemplo, fazem parecer que a imagem foi produzida a partir de um olho mágico, enquanto manipulações dão uma aparência borrada à cena, dando a entender que se trata de um registro feito às pressas.
Apesar das milhares de citações acompanhadas de memes, piadas e compartilhamentos, a Casa Branca não se pronunciou sobre o assunto, nem o próprio Trump. E não demorou muito para que a imagem fosse comprovada como falsa e suas origens, descobertas.

Exposição artística
A cena do presidente norte-americano recebendo bronzeamento artificial no Salão Oval, na realidade, é parte de um projeto chamado Mental Images (ou Imagens Mentais, em inglês), da artista britânica Alison Jackson. As fotos que seriam de Trump, na verdade, foram criadas usando um sósia do líder e divulgadas em novembro de 2016, dias antes das eleições presidenciais, como uma forma de imaginar como seriam os primeiros dias do político no cargo.

Comentários