Mulher morre de frio em cativeiro que foi mantida pelos pais por mais de 15 anos

Mulher estava em uma condição extrema de desnutrição. O quarto onde era mantida tinha três metros quadrados e foi construído de improviso pelo próprio pai

Por O Dia

Tóquio - A polícia japonesa prendeu um casal de Osaka que manteve a filha em cativeiro durante mais de 15 anos. A filha morreu de frio, aos 33 anos, dentro do quarto onde era mantida, segundo a imprensa local.

Os pais, com mais de 50 anos, confessaram que deixaram a filha trancada em um quarto, contruido pelo próprio pai em sua residência, de três metros quadrados desde que ela tinha 16 ou 17 anos, segundo a agência de notícias Kyodo.

A necropsia revelou que a jovem morreu de frio e estava em uma condição de desnutrição de extrema gravidade, com apenas 19 quilos. Ela era alimentada apenas uma vez por dia.

Os pais afirmaram aos investigadores que decidiram trancar a filha porque ela sofria de uma doença mental que provocava um comportamento violento, informou o canal de televisão público NHK.


O casal se comunicava com a filha através de um interfone fixado no quarto. Também instalaram várias câmeras ao redor da casa para, talvez, garantir que ninguém descobrisse o segredo, segundo o jornal Yomiuri Shimbun.

O corpo da menina foi achado pelas autoridades após uma chamada dos pais. O quarto onde viveu confinada por anos não tinha calefação, o banheiro era improvisado e havia um tubo conectado a um tanque instalado na parte externa para que ela pudesse beber água. O espaço tinha uma porta dupla que só podia ser aberta pelo lado de fora e uma câmara de vigilância.

Os pais da jovem - que, conforme as primeiras análises, morreu em 18 de dezembro - se entregaram à polícia após a morte da filha e foram presos por abandono de cadáver, acusação que as autoridades japonesas costumam apresentar até que provas suficientes sejam reunidas para a abertura de uma investigação por homicídio.

A polícia de Osaka, procurada pela AFP, não comentou o caso.

Com informações da AFP

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários