Tô na feira - Divulgação
Tô na feiraDivulgação
Por O Dia
Publicado 01/02/2018 18:25 | Atualizado há 3 anos

Rio - "Barraca Já Disse, aqui acabou a mesmice". É com esse lema que a feirante Maria Vilani Maia Fu, mais conhecida como Já Disse, toca ao lado do marido José Carlos (JC) um dos karaokês mais visitados da Feira de São Cristóvão e hoje conversa com a coluna #TôNaFeira.

"Minha barraca tem bebidas de A a Z e o cantor é você", diz rindo. "Levo a vida com bom humor e isso é o segredo do meu negócio. Eu sempre vinha à Feira e amava cantar no Karaokê e em novembro de 2009 realizei um sonho, tornando-me permissionária. E tenho orgulho de tocar meu negócio", afirma a feirante.

Vilani é uma cearense arretada e não esconde a idade. "Tenho 68 anos", diz a feirante, que é advogada aposentada, e leva a vida a conquistar seus clientes com todo o seu carisma.

"Canto junto com eles no meu microfone de lapela. Faço uma espécie de talk-show, quando apresento os intérpretes e os títulos de suas canções. Uma alegria só! Na minha barraca recebo vários estrangeiros. Um ponto de encontro de culturas com a nossa nordestina", ressalta a feirante.

Com orgulho, ela fala de famosos que já visitaram o seu espaço. "A Xuxa já cantou na minha barraca, ela apresentou o show do humorista Tiririca. Parece que foi ontem. Ainda recebo visitantes contando essa história. Karaokê ou videokê: chamem do que quiser, é vintage e está com tudo", finaliza Vilani. 

Serviço

CENTRO LUIZ GONZAGA DE TRADIÇÕES NORDESTINAS. Campo de São Cristóvão s/nº, São Cristóvão (2580-6946). Ter a qui,de 10h às 18h. Fins de semana, de 10h de sexta às 21h de domingo.

Você pode gostar
Comentários