Sócia de ministro vai para Transparência

Torquato nomeou sua parceira em escritório

Por felipe.martins , felipe.martins

Brasília - Há duas semanas no comando do Ministério da da Transparência, Fiscalização e Controle, Torquato Jardim nomeou sua sócia em um escritório de advocacia como chefe de gabinete. A nomeação da advogada Lilian Claessen Miranda Brandão foi publicada no Diário Oficial da União na terça-feira. Lilian receberá um salário de R$ 11,2 mil.

Lilian ocupa um cargo em comissão, do tipo DAS (Direção e Assessoramento Superior), que pode ser preenchido tanto por servidores de carreira quanto por pessoas de fora do funcionalismo público. A nomeação de Lilian ocorre quatro dias depois de o governo ter anunciado o congelamento de 4,3 mil cargos comissionados.

Torquato Jardim e sua chefe de gabinete%2C Lilian Brandão%2C são sóciosDivulgação

Torquato Jardim tomou posse como ministro da Transparência no dia 2 de junho depois que seu antecessor, Fabiano Silveira, foi flagrado em conversas com Sérgio Machado dando orientações ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre como se defender da operação. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia