Três presos são assassinados a facadas no maior presídio do RN

Crime aconteceu nesta terça-feira. Mortos ainda não foram identificados e as causa também é desconhecida

Por rafael.nascimento

Presos foram mortos no Pavilhão 1%2C da unidade prisional Divulgação/Polícia Militar

Natal - Três detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, localizada no município de Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal, foram assassinados no início da manhã desta terça-feira. Segundo a Coordenação de Administração Penitenciária (Coape), os presos teriam sido mortos a facadas por outros internos, no interior do Pavilhão 1, por volta das 6h30. Um quarto detento foi ferido e recebe atendimento médico no interior da unidade. Alcaçuz é o maior presídio potiguar.

Os nomes das vítimas não foram divulgados. A direção da unidade aguarda a chegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para iniciar os trabalhos de investigação e do Instituto Técnico Científico de Polícia (Itep) para periciar e remover os corpos.

Com a ocorrência, o número de presos mortos nos presídios do Rio Grande do Norte sobe para 19 no ano. O último caso registrado foi em 21 de julho, quando um detento da Penitenciária de Alcaçuz foi encontrado enforcado em uma trave de futebol no Pavilhão 2 da unidade prisional.

Desde o último dia 28 de julho, quando foram instalados bloqueadores de sinal de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, o Estado vive uma onda de violência provocada pela facção criminosa conhecida como Sindicato do Crime. Ao todo, já foram 107 ataques, em 37 cidades.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia