Presos cavam buraco em banheiro e fogem de cadeia no Sul do país

Local, em Maringá, tem capacidade para 16 detentos, mas estava com 42 internos. Polícia investiga fuga de detentos

Por rafael.nascimento

Curitiba - Pelo menos sete presos fugiram, no final da noite desse domingo, da cadeia pública de Maringá, no norte do Paraná. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do estado, os detentos cavaram um buraco no banheiro de uma das celas, saíram pelo pátio e conseguiram fugir do local pulando o muro. No momento da fuga havia 42 presos na cadeira, mas a capacidade do local é de apenas 16 detentos.

Detentos fugiram da cadeia de Maringá por buraco aberto no banheiro de uma das celasReprodução/TV Globo

De acordo com a Secretaria de Segurança, um agente penitenciário estava de plantão e percebeu uma movimentação estranha pelas câmeras de segurança e pediu apoio da Polícia Militar. A PM conseguiu recapturar um dos presos momentos depois da fuga. Um segundo detento se apresentou, espontaneamente, na manhã desta segunda-feira na delegacia da cidade. 

Uma investigação foi aberta para apurar a fuga dos detentos. 

Outras fugas

Não foi só em Maringá que presos conseguiram escapar. Nesta madrugada, na cadeia de Ibaiti, no norte do Paraná, dois presos cerraram as grades, estouraram o portão que dá acesso ao pátio, pularam o muro e fugiram. Eles cumprem pena por furto e tráfico de drogas.

Na madrugada de domingo, sete presos fugiram da cadeia de Cianorte, no noroeste do estado. Os detentos cavaram um buraco, tiveram acesso ao pátio da unidade e pularam o muro. Quatro detentos já foram recapturados.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia