Governador de São Paulo, João Doria
Governador de São Paulo, João DoriaNelson ALMEIDA/AFP
Por IG - Último Segundo

No sábado (06), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez uma ocorrência na polícia contra responsáveis por vídeo que foi gravado na casa de uma vizinha que mora em frente ao político. As informações foram apuradas pelo G1

No vídeo, é possível ouvir uma voz feminina acusando o filho do governador de realizar uma festa em tempos de pandemia e causar aglomeração. Por meio de nota, Doria disse que som em alto volume, vinha de uma casa que fica na mesma rua que a sua, porém não havia festa e nem aglomeração. 

Foi pedido a dona da casa que o volume fosse abaixado e pedido por atendido por ela imediatamente. Segundo Doria, "não houve, portanto, festa, música ao vivo e muito menos a prática de aglomeração na residência" e que seu filho não mora na residência e que nem estava em São Paulo na data do ocorrido. Pena para crimes como difamação é de um ano a quatro meses de reclusão. 

Você pode gostar