Por iG
Rio Branco - Na noite desta segunda-feira (09), um idoso de 64 anos foi morto com tiros de escopeta na cabeça após ser confundido com um invasor na residência do autor do crime, em Rama do Rodo, em Rio Branco, no Acre.

Ao chegar no local, a polícia foi informada pelo dono da casa que tinha escutado dois disparos de arma de fogo e, quando fizeram buscas pelo quintal, encontraram o corpo de João Moreira Neto caído e o óbito foi constatado pela perícia. Após mais buscas, foram localizadas munições e três armas de fogo.

O suspeito, Orlando Marciel Maceda, de 24 anos, estava no local e confessou o crime. A família dele disse aos policiais – por já ter ocorrido furtos e roubos no local – que o homem costumava ficar em um galpão vigiando a possibilidade de invasão da propriedade. E, na noite de ontem, o idoso, que era conhecido da família, viu o jovem escondido e foi até lá para saber o motivo, mas acabou sendo confundido com um invasor e foi morto por Maceda.

O corpo da vítima foi levado para a sede do Instituto Médico Legal (IML) e o local do crime foi isolado para o trabalho da perícia técnica. O acusado foi preso em flagrante pelo crime de homicídio e posse ilegal de arma de fogo. A mãe do jovem contou à polícia que ele faz uso de remédio controlado e estava sob efeito de bebida alcoólica. Maceda e o armamento foram levados para a Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla).