Jair Bolsonaro, durante a cerimônia de batismo do submarino Humaitá
Jair Bolsonaro, durante a cerimônia de batismo do submarino Humaitá Agência Brasil - Isac Nóbrega/PR
Por IG - Último Segundo
Um grupo de filiados do Partido Social Liberal (PSL) criou um abaixo-assinado para impedir o retorno do Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), à sigla. Motivo principal da antipatia foi o silêncio após a morte do senador Major Olímpio (PSL-SP).
O parlamentar faleceu na última quinta-feira (18) após sofrer uma morte cerebral. Uma semana após o ocorrido, Bolsonaro sequer mencionou o nome do major.
Publicidade
O documento pontua a "omissão desrespeitosa ao PSL, seus filiados e amigos" e completa alegando que Bolsonaro "deixou transparecer, nas suas redes sociais, seu despeito pelo Senador Olímpio, atacando sua imagem e incentivando seus correligionários a também fazê-lo, mesmo após sua morte."
O silêncio fez com que participantes do partido - apoiado por lideranças políticas - iniciassem um movimento para que Bolsonaro não retorne ao PSL.