No último sábado (20), o recorde de enterros desde o início da pandemia já tinha sido alcançado, com 372 enterros
No último sábado (20), o recorde de enterros desde o início da pandemia já tinha sido alcançado, com 372 enterrosTomaz Silva/Agência Brasil
Por O Dia
Rio - O Brasil registrou, nesta sexta-feira, 2.922 mortes por Covid-19 e 70.238 casos confirmados. No total, 328.206 pessoas morreram vítimas da doença desde o início da pandemia. Com isso, o número de casos confirmados chegou a 12.910.082 pessoas. As informações são do Painel do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). 
A média móvel de sete dias de óbitos é de 3.013, menor que o desta quinta-feira, que foi de 3.117, a maior até então. Já a média móvel de casos confirmados, no mesmo período, é de 72.238. 
Publicidade
São Paulo continua liderando o ranking de número de casos confirmados da doença e de óbitos. Nas últimas 24 horas, 818 pessoas morreram em São Paulo e 16.762 testaram positivo para a Covid-19. O Rio de Janeiro fica em segundo lugar, com 37.218 mortos e 653.204 casos confirmados. Minas Gerais fica em terceiro lugar, com 25.214 óbitos, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 20.234. 
A contagem de casos realizada pelas Secretarias Estaduais de Saúde inclui pessoas sintomáticas ou assintomáticas; ou seja, neste último caso são pessoas que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.
Publicidade
Desde o início de junho, o Conass divulga os números da pandemia da Covid-19 por conta de uma confusão com os dados do Ministério da Saúde. As informações dos secretários de saúde servem como base para a tabela oficial do governo, mas são publicadas cerca de uma hora antes.