O senador Omar Aziz (PSD)
O senador Omar Aziz (PSD)Alex Pazuello/Agecom AM
Por IG - Último Segundo
Rio - O senador Omar Aziz (PSD), um dos parlamentares que deve compor a CPI da Covid que vai apurar as responsabilidades do governo federal na pandemia, bem como o uso dos recursos repassados a estados e municípios, é investigado por suposto desvio de recursos públicos da saúde enquanto era governador do Amazonas. As informações são da CNN Brasil.
Em 2016, Aziz foi alvo da operação "Maus Caminhos", do Ministério Público Federal, cujo objetivo era apurar o desvio de cerca de R$260 milhões da saúde do estado por meio de contratos firmado com o governo do estado do Amazonas. 
Publicidade
 Parte desses contratos foi firmado quando Aziz era governador. Um dos desdobramentos da operação Maus Caminhos cita o nome de Aziz 256 vezes em 257 páginas.
“Os indícios da atuação de OMAR AZIZ para a criação e manutenção da organização criminosa formada em torno do Instituto Novos Caminhos são robustos e permeiam toda a investigação”, diz um trecho do documento.
Publicidade
Também há indícios de que o atual senador tenha recebido propina: “XXXX diz que, após o início das atividades da OS, o valor que deveria ser entregue a OMAR AZIZ era de 500 mil reais. Esse valor era entregue toda vez que a OS ia recebendo do Estado do Amazonas e que os valores eram entregues de forma fracionada. XXXX já realizou entrega de parte do valor destinado a OMAR. AZIZ para funcionários do Senador.” 
 A investigação contra o senador atualmente está na Justiça Federal do Amazonas e ainda sem nenhuma definição. Em conversa com a CNN, o advogado do parlamentar, Simonetti Neto, disse que o relatório feito pela Polícia Federal é "uma peça de ficção, uma obra literária". "Não há nenhum indício de atividade ilícita por parte do senador”. afirmou.