A 'poemúsica' de Paulo César Pinheiro

Parceiro de João Nogueira, Lenine e Baden Powell adianta a comemoração dos seus 70 anos com novo livro

Por RICARDO SCHOTT

Paulo Cesar Pinheiro lança livro de poesias
Paulo Cesar Pinheiro lança livro de poesias -

Rio - O lançamento de 'Poemúsica', novo livro de poesias do compositor Paulo César Pinheiro, rolou no dia 6 de novembro na livraria Blooks. E surpreendeu até o próprio artista, numa noite repleta de eventos entre eles, o 'Caruru do João', que homenageou o parceiro João Nogueira (1941-2000) no Teatro Rival.

"Muitos parceiros meus foram, vendi 150 livros! E como teve o 'Caruru' muita gente mandou recado dizendo que iria se saísse mais cedo. Ainda tinham muitos eventos na mesma noite", recorda, rindo, o escritor, que faz 70 anos em 28 de abril de 2019, e inicia as comemorações com o livro novo.

Quem é fã da poética afro-brasileira de Paulo vai se divertir bastante com o livro novo. A parte inicial, 'Poemétrica', abre com textos que, mesmo sem melodia, já se assemelham a músicas. Outra parte, 'Poemágica', tem experimentações linguísticas e neologismos.

"A minha poesia tem ritmo, tem cadência. Ela já é muito musicável. Tanto que muitos parceiros põem músicas em poesias dos meus livros", recorda Paulo, que já compôs também com nomes como Lenine, Baden Powell, João de Aquino e Maurício Tapajós ao lado deste, fez o clássico 'Pesadelo', que, imortalizada pelo MPB-4, questionava a censura dos anos 1970 e trazia a frase "você corta um verso/eu escrevo outro".

"Fui muito perseguido. Eu não me exilei, fiquei aqui", conta Paulo, que escreve "o tempo todo" e tem livros feitos à mão, guardados em sua casa. Para 2019, além de um documentário (produção da Terra Firme em parceria com o Canal Curta), vêm mais livros e, talvez, a publicação das peças 'Besouro Cordão de Ouro' e 'Galanga Chico Rei', de sua autoria.

Galeria de Fotos

Paulo Cesar Pinheiro lança livro de poesias Divulgação
Paulo César Pinheiro (acima): novo livro tem poesias que já parecem estar pedindo melodias Divulgação/Myriam Vilas Boas

Comentários

Últimas de Diversão