Eri Johnson faz papel-título de 'O Figurante' e lembra: 'Já fui um deles'

Marcado para esta quarta, o programa é o especial de fim de ano da Record

Por Gabriel Sobreira

Pericles (Eri Johnson) invade os bastidores de um programa de TV e mostra a rotina para o público
Pericles (Eri Johnson) invade os bastidores de um programa de TV e mostra a rotina para o público -
Rio - O ator canastrão, a veterana diva, a blogueira que virou atriz, a produtora atrapalhada e o diretor nervoso. Para Eri Johnson, os personagens do especial de fim de ano da Record TV, estão mais vivos do que nunca. "É superatual", defende o protagonista de 'O Figurante', no ar nesta quarta, às 22h30.
Na história, Pericles (Eri) invade os bastidores de uma mininovela e guia o público nos bastidores decadentes da produção, que no elenco conta com a veterana diva da TV Jacira Brandão (Angelina Muniz), o ator canastrão Otacílio Leão (Bemvindo Sequeira), que é ex de Jacira; a produtora atrapalhada Janete (Inês Galvão), o diretor nervoso Lupício (Giuseppe Oristânio) e a blogueira que virou atriz Kitty Carão (Pérola Faria).
"Já contracenei com todo tipo. São 38 anos de carreira, 30 de televisão. Já trabalhei com vários atores com muita experiência, com pouca experiência e todo tipo de ator e atriz. Nesse tempo de televisão é possível contracenar com quase todos ou todos esses tipos", explica Johnson.
Já foi figurante

Aos 57 anos, Eri lembra que o começo de carreira não foi diferente do seu personagem no especial. O ano era 1978 e ele fazia figuração na novela 'Dancin' Days'. "Foi minha primeira e única figuração. Aí depois estreei na novela Hipertensão, em que fiz o Juca, um recepcionista de hotel que tinha uma fala por semana, mas eu já não era mais um figurante", conta.

Para o intérprete, o especial tem tudo para cair na graça do público. Primeiro, porque Péricles é um cara ingênuo e que quer apenas conseguir um espaço na vida, na profissão. "Assim como todo brasileiro que luta por um espaço de trabalho, assim como o garçom quer ser maître, o maître quer ser gerente, o gerente quer ser o dono. Poderia ser qualquer profissão. No caso do figurante, do Pericles, ele quer se tornar um ator e ele se esforça muito. Ele é carismático, eu tenho certeza que ele vai te cativar", derrete-se Eri.

Johnson não esconde a torcida para que o projeto tenha vida longeva na TV. "Da minha parte, existe uma vontade muito grande que realmente vire uma série ao longo de 2020. Se virar, vai ser muito legal, vou ficar muito feliz", diz ele, que afirma ter muito em comum com Péricles. "Fui figurante e batalhei para estar onde estou. E continuo batalhando para ir para um lugar ainda melhor, se Deus quiser", frisa.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Pericles (Eri Johnson) invade os bastidores de um programa de TV e mostra a rotina para o público Blad Meneghel / Record TV
Pericles (Eri Johnson) em 'O Figurante', da Record TV Blad Meneghel/Record TV
Pericles (Eri Johnson) em 'O Figurante', da Record TV Blad Meneghel/Record TV

Comentários