Estreia de sucesso na TV

Caroline Dellarosa, 21 anos, é Anjinha em 'Malhação - Toda Forma de Amar'

Por Lucas França

Caroline Dallarosa, a Anjinha de 'Malhação - Toda Forma de Amar'
Caroline Dallarosa, a Anjinha de 'Malhação - Toda Forma de Amar' -

A reta final de 'Malhação - Toda Forma de Amar' começa a criar nos fãs, e também nos atores, um sentimento de saudade. Entre muitos personagens, um que vai ficar guardado na mente do público é Anjinha, interpretada por Caroline Dallarosa.

A atriz de 21 anos, que vive na novela seu primeiro trabalho na televisão brasileira, tem aprendido a lidar com a fama repentina. O sucesso inesperado, de acordo com Carol, vem da maneira pela qual ela construiu Anjinha, "tentando ser a pessoa mais real possível".

As gravações e o tempo de contato com a personagem fizeram com que Caroline misturasse características pessoais com as da estudante de 'Malhação'. Ela conta que colocou "muito Carol" em Anjinha, mas que mesmo assim consegue perceber quando leva para a própria rotina traços da personagem. "Estou com uns trejeitos, é muito tempo fazendo a mesma coisa", explica a atriz.

Romance

Um dos pontos altos da trama é o namoro de Anjinha com Cléber, interpretado pelo ator Gabriel Santana. A parceria dos dois vai além do que aparece em Malhação, afinal Gabriel, segundo Carol, "é muito doce e se tornou o primeiro amigo" que ela fez no "tumulto todo" das gravações. A empatia que muitos espectadores sentem pelo casal é, para a atriz, fruto da trajetória deles na trama, considerada por ela como a representação do que é "primeiro amor".

Ela ainda projeta um futuro para o casal. Mesmo apaixonados, Carol tenta manter o pé no chão sobre Cléber e Anjinha, ainda adolescentes. "Eu realmente quero que cada um seja muito feliz e se desenvolva. Os dois ainda são muito crianças, que eles aprendam um com o outro", defende a atriz.

Paternidade

Outro personagem decisivo para a existência de Anjinha em 'Malhação' é seu pai e policial Marco Rodrigo, interpretado por Julio Machado. Carol relembra que recentemente precisou lidar com a morte do pai, que também era policial, uma coincidência que a deixou emocionada durante a novela. Apesar da dificuldade de criar uma relação com o personagem de Julio, Carol conta com alegria o contato com o ator. "Acabei transferindo para Anjinha esse sentimento de situações em que eu estaria vivendo com meu pai ou que queria estar vivendo com ele. Tem muita cena que é assim", conta.

As camadas e relações de Anjinha na novela renderam críticas à personagem. Para Carol, tanto as positivas quanto as negativas são bem vindas. "Eu sei lidar, aprendi a levar como uma forma construtiva", comenta.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Caroline Dallarosa, a Anjinha de 'Malhação - Toda Forma de Amar' Globo/João Miguel Júnior
Caroline Dallarosa, a Anjinha de 'Malhação - Toda Forma de Amar' Globo/João Miguel Júnior

Comentários