Leticia Isnard: "Ivana e Tracy são grudentas e carentes"

Atriz está em cartaz na reprise de 'Avenida Brasil' e faz participação em 'Amor de Mãe'

Por RICARDO SCHOTT

Leticia Isnard
Leticia Isnard -
Rio - Letícia Isnard foi avisada por O DIA do sucesso que a Ivana da reprise de 'Avenida Brasil', faz no Twitter - o nome da personagem já apareceu nos trending topics. A atriz, que está fazendo uma participação em 'Amor de Mãe' como a enfermeira Tracy, não está na rede social.
"Não tenho Twitter, então não tinha ideia disso! As pessoas me reconhecem mais até pela voz. Sou muito diferente da Ivana no modo de vestir, sem aquela cabeleira de Farrah Fawcett fico diferente dela", conta ela.
Na trama, a carente Ivana era traída pelo marido Max (Marcello Novaes), que chamava de "bebezão". E lembra da reação do público.
"As pessoas gritavam: 'Bebezão, tu é corna hein?', 'Teu bebezão te trai!', 'Abre o olho que o Max não presta' e coisas do tipo. Agora reconhecem muito, mas ninguém me avisa mais dos chifres", brinca ela, em cartaz também no Teatro Vanucci (Shopping da Gávea) com a peça 'Uma Relação Tão Delicada', dirigida por Ary Coslov.
Lógica machista
Já no caso de 'Amor de Mãe', a Tracy, que ela interpreta, é bem diferente. Letícia tem uma definição original para a personagem, que é apaixonada por Matias (Milhem Cortaz), com quem sai após o médico terminar seu casamento com Miranda (Debora Lamm).
"Me parece um caso típico de feminista confusa", conta a atriz. "Se por um lado ela rompe com a tradição machista de passividade feminina, por outro, cai no equívoco de abraçar a lógica machista. De tratar o parceiro como objeto e não como um indivíduo, mas sim como alguém a serviço da satisfação dos seus desejos", acredita.
"Isso é reprodução da lógica da opressão. O que é o oposto do feminismo, que prega a igualdade de oportunidades e a liberdade, e não a igualdade em oprimir o homem. Mas ao mesmo tempo Tracy é romântica, uma ninfomaníaca apaixonada, que não mede esforços para conquistar e seduzir Matias", define ela.
Dose dupla
Em 'Amor de Mãe', Letícia já gravou todas as suas cenas, mas vai ver se dá para soltar um "bebezão" (em referência à Ivana de 'Avenida Brasil') em algum momento. Na novela, Sandro (Humberto Carrão) já foi visto usando o uniforme do Divino Futebol Clube.
"Tracy e Ivana são um pouco grudentas e carentes, mas lidam com isso de maneiras opostas: Ivana tem um péssima autoestima e é muito infantil, enquanto que Tracy é super segura, sedutora e manipuladora, e usa de todas as suas armas para convencer Matias de que ele não pode terminar o namoro com ela", define as duas personagens. "Mas a Tracy demanda demais dele, é mulher-chiclete e ele fica com saudades dos filhos, da esposa".
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Leticia Isnard Divulgação
Leticia Isnard Divulgação
Cap 57 - Cena 24 - Tracy (Letícia ISnard) beija Matias (Milhem Cortaz). Natália (Clarissa Kiste) e Durval (Enrique Diaz) assistem. Globo/Victor Pollak

Comentários