"Ela é capaz de matar", diz atriz sobre Penha

Personagem de Clarissa Pinheiro em 'Amor de Mãe' vira capanga do vilão, ganha banho de loja e planeja atentado

Por Gabriel Sobreira

Penha (Clarissa Pinheiro) e Belizário (Tuca Andrada)
Penha (Clarissa Pinheiro) e Belizário (Tuca Andrada) -

Cordões de ouro, argolão, decotão, cabelão e carrão. A partir de hoje é assim que Penha (Clarissa Pinheiro) vai aparecer nas cenas de 'Amor de Mãe'. São várias transformações na personagem, que começou como empregada doméstica, virou uma viúva vingativa, se apaixonou pelo algoz do marido e se tornou parceira dele tanto no amor quanto no crime. E agora é capanga do vilão Álvaro (Irandhir Santos).

"Até agora estou tentando entender. Como que alguém pode mudar tanto? Foi da água para o vinho. Eu sabia até a parte em que a Penha era vítima da armação do Tales (Alejandro Claveaux) e demitida pela patroa, Lídia (Malu Galli). Mas da viuvez em diante foi só surpresa a cada bloco", destaca Clarissa Pinheiro, de 37 anos.

VIDA BANDIDA

Ela até brinca com a proximidade do universo de Bibi Perigosa, personagem vivida por Juliana Paes, em 'A Força do Querer', da Globo, em 2017. "Mais no sentido de ter a bandidagem como pano de fundo. Poderia ser chamada de 'Penha Impiedosa'", brinca a atriz recifense, que há dez anos mora no Rio. "Nas ruas, o que mais escuto é 'mata o Belizário (Tuca Andrada)'".

Segundo a artista, sua personagem é uma mulher apaixonada, entregue e, acima de tudo, carente. "Bastante", reforça. "Acho que a Penha se apaixonou pelo Belizário e pela vida bandida. Ficou deslumbrada", analisa.

ESCOLHA

Ao ser questionada se Penha está perdida ou se encontrando no mundo do bandidagem, Clarissa não tem dúvidas: "Acho que ela está se encontrando, não está mesmo se sentindo perdida. Eu, Clarissa, acho que ela está se perdendo, mas Penha acha que está se encontrando".

 

Assassinato e agiotagem

Na trama de Manuela Dias, Penha vai procurar Álvaro e avisar que ele pode contar com ela para os negócios que eram executados por Belizário. É aí que o empresário contrata a mulher para atentar contra Raul (Murilo Benício). A capanga então paga a um atirador de elite para executar o serviço. "Não sei se ela é capaz de matar. Acho que é possível. Com um caminho desses que ela percorre, não acho que seja improvável. Está indo, passo a passo, subindo o degrau", detalha.

A personagem também vai praticar a agiotagem. Ela vai emprestar dinheiro para Vitória (Taís Araújo) e pedir que Leila (Arieta Corrêa) fique de olho e investigue a advogada.

GRÁVIDA?

Apesar de ter passagens pelas novelas 'Babilônia' e 'A Regra do Jogo', Clarissa Pinheiro considera que sua estreia em folhetins acontece agora em 'Amor de Mãe'. "Foram participações", esclarece ela, que ainda tem no currículo produções como 'Espinosa' (GNT), 'O Grande Gonzales' (Fox), 'Justiça' (Globo) e 'Onde Nascem os Fortes' (Globo), entre outras.

"Queria a Penha grávida. Não sou mãe, mas falam que a experiência da maternidade aflora ainda mais o desejo de um mundo melhor. A Penha se perdeu e torço para que talvez ela seja salva pela maternidade", diz a atriz.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Penha (Clarissa Pinheiro) e Belizário (Tuca Andrada) Reprodução
Penha vira capanga na novela Globo / João Miguel Júnior
Penha (Clarissa Pinheiro) Globo/João Miguel Júnior
Penha (Clarissa Pinheiro) Reprodução/Instagram
Clarissa Pinheiro Sergio Baia/Divulgação
Clarissa Pinheiro Sergio Baia/Divulgação
Clarissa Pinheiro Sergio Baia/Divulgação
Penha (Clarissa Pinheiro) Globo/Estevam Avellar
Penha (Clarissa Pinheiro) e Wesley (Dan Ferreira) Reprodução
Álvaro (Irandhir Santos) em Amor de Mãe Divulgação
Álvaro (Irandhir Santos) Reprodução

Comentários