DJ Thai lança Quebra Mola, brega funk gravado em parceria com Kathy Maravilha

'A dança e a energia desse swing são eletrizantes', garante Thai

Por O Dia

DJ Thai lança Quebra Mola, brega funk gravado em parceria com Kathy Maravilha
DJ Thai lança Quebra Mola, brega funk gravado em parceria com Kathy Maravilha -
Rio - O DJ Thau lança nesta sexta-feira a música "Quebra Mola", em parceria com Kathy Maravilha, ex-integrante do Bonde das Maravilhas. 
A canção, a primeira do artista com grande produção desde que a pandemia começou, traz uma mistura que mostra exatamente a identidade de Thai: um clima divertido e envolvente. Segundo o músico, este é o momento certo para uma música como essa. O objetivo é que as pessoas ouçam e queiram dançar todos os dias. Que elas esqueçam dos problemas pelo menos enquanto a música estiver rolando".

Galeria de Fotos

DJ Thai lança Quebra Mola, brega funk gravado em parceria com Kathy Maravilha Divulgação
DJ Thai lança Quebra Mola, brega funk gravado em parceria com Kathy Maravilha Divulgação
DJ Thai lança Quebra Mola, brega funk gravado em parceria com Kathy Maravilha Divulgação
Dividindo os holofotes com Thai está Kathy Maravilha. A DJ e dançarina trouxe para o cenário, todo o seu charme e rebolado, provando que Quebra Mola é para quebrar tudo mesmo. "A Kathy é uma artista muito esforçada, dedicada e trouxe outro clima para a música. Tive o prazer de contar com ela nesse feat. Não tínhamos trabalhado juntos, mas ela já é conhecida da galera aqui do Rio, Bonde das Maravilhas, quem não conhece? Achei que a vibe dela ia casar com o som e fluiu bem demais".

Kathy é só elogios a Thai: “Me senti super à vontade, o Thai me ajudou e me animou muito. Quando recebi o convite, eu fiquei feliz e ansiosa, já que não tinha gravado nada parecido antes. É uma música animada, com uma batida e uma letra que grudam na mente. Isso é bom demais!”

Gravado em um galpão, o clipe da música, dirigido por Samuel Andrade, mostra Thai e Kathy vestidos como mecânicos. "Gravamos com um sol de 40 graus com roupão fechado. Ficamos o dia no sol e foi puxado, eu cochilei no chão enquanto esperava para gravar. O Samuel quis trazer essa estética mais próxima da realidade, então tivemos que sujar a roupa, nos lambuzamos na graxa em alguns momentos. Foi divertido e, com certeza, o resultado ficou muito irado", finaliza o artista.

Comentários