Finalista da Dança dos Famosos, Erika Januza diz que sempre achou que seria eliminada

Atriz diz que deseja fazer aulas com professores de passistas para brilhar também no Carnaval e dá detalhes de sua luta contra o racismo

Por *BÁRBARA SARYNE

Erika Januza
Erika Januza -

Rio - Após interpretar uma personagem forte em 'O Outro Lado do Paraíso', Erika Januza foi convidada para a 'Dança dos Famosos' e está cumprindo sua missão com maestria. Entre os finalistas da competição, que encerrará dia 16, a atriz conta que não é muito confiante e, todas as vezes que subiu ao palco para se apresentar, acreditou que seria eliminada.

"Sempre achei que ia sair, mas estou dando o meu melhor. Já passei por muitos ritmos", afirma a artista, que mostrou ter samba no pé e levou nota dez de todo o júri domingo passado. "Só de fazer essa apresentação no Dia Nacional do Samba, acredito que minha participação valeu a pena", completa, focada na final do quadro comandado por Faustão.

Assim que a disputa de dança acabar, Erika começará a gravar outro trabalho na emissora e dará início a preparação para o Carnaval. Em São Paulo, a mineira desfilará na escola de samba Vai-Vai, mas ainda marcará presença na Sapucaí ao desfilar com a Grande Rio.

"Gosto muito de comer, então preciso dar uma definida no corpo até lá. Preciso de preparo físico porque é puxado. Quando chega no meio da Avenida, você não sabe se vai aguentar até o fim", afirma, lembrando da experiência deste ano, em que desfilou apenas na Grande Rio. Já em 2019, representando escolas de duas cidades, ela acredita que tudo ficará mais puxado.

"Quero fazer aulas com professores de passistas para fazer bonito. O enredo da Vai-Vai é um tema importante para mim. A escola vai falar do quilombo do futuro. E é uma comunidade fechada, que abriu as portas para me receber. Lá não tem grandes musas, eu vou ser a única da escola. Então, estou muito grata e feliz por isso", explica.

LUTA CONTRA O RACISMO

Recentemente, Erika procurou uma delegacia para denunciar ataques racistas que chegaram em suas redes sociais. Segundo ela, os criminosos agem com tanta crueldade que enviam mensagens de ódio para seu e-mail com cópia para um agente só para ter certeza de que os insultos serão lidos. "Eu queria dizer para essas pessoas que eu já recebi várias mensagens e estão com a polícia. Espero que eles também recebam a notificação da Justiça", dispara, indignada com a situação.

A atriz, de 33 anos, conta que fica até arrepiada de falar sobre o assunto, mas entende que é preciso dizer isso para encorajar outras pessoas a fazerem o mesmo. "Se a gente sofrer agressão e não fizer nada, quem faz esse tipo de coisa nunca vai ter o que merece. Não adianta eu bater boca ou me rebaixar ao nível dos agressores. Eu tenho a lei para me proteger e vou sempre recorrer a ela", avisa.

Estrategista, a global diz que estava guardando as provas há um bom tempo e só resolveu levar para um delegado quando percebeu que poderia ser ouvida. "Esperei acalmar um pouco a fase política que a gente estava porque não adiantava levar isso para a polícia naquela época, não iam dar atenção. Mas meu advogado, agora, está em cima. Recebi muitas mensagens de pessoas que sofreram isso na escola, na rua, e não tiveram coragem. Isso também me motivou a fazer alguma", garante Januza.

VIDA AMOROSA

Embora seja discreta e ainda não tenha divulgado fotos, Erika está namorando há três meses. A atriz conta que não é muito de sair, mas o destino se encarregou de apresentar um cara bacana no aeroporto, enquanto curtia as férias em Belo Horizonte, como se fosse uma cena de filme.

"Eu só vivo no aeroporto, então foi a minha chance. A história é muito doida. Ele não sabia que eu era atriz, as pessoas pediam para tirar foto comigo, e ele não entendia nada", revela, aos risos. Segundo a atriz, a primeira conversa com o atual namorado surgiu a partir da dúvida de como chegar em determinado lugar. Dali, os dois trocaram números de telefone, e tudo foi acontecendo.

"Ele me achou no Instagram e tomou um susto quando viu a quantidade de seguidores. Depois, até escreveu para mim dizendo que 'já era', achando que não ia ter chance comigo porque sou conhecida, mas falei que isso é bobagem", afirma, envergonhada.

O comentário do rapaz sobre a fama, inclusive, foi a deixa que Erika precisava para falar sobre a importância de sua profissão e dizer que não vai tolerar ciúmes quando começar a gravar novelas.

"Falei para ele que é o que eu amo fazer e não vou deixar de trabalhar com isso por ninguém. Eu já passei por uma situação em que, entre um namorado e a dança, escolhi a dança. E não é agora que vai ser diferente. Sou uma pessoa muito determinada, e um relacionamento não vai fazer minha vida mudar por caprichos. Ano que vem, tem trabalho, então ele já tem que estar preparado", admite, pronta para os novos desafios. 

*Correspondente em São Paulo

Galeria de Fotos

Erika Januza GloboJoaquim Costa
Erika Januza Globo/Cesar Albves
Erika Januza Globo/Paulo Belote
Erika Januza, a Raquel de 'O Outro Lado do Paraíso' Reprodução

Comentários

Últimas de Celebridades