Sandy & Junior: nova turnê passa pela Jeunesse Arena em 3 de agosto e não vai render DVD

Dupla confirma 'Turu Turu' e 'A Lenda' no repertório e avisa aos fãs: "Não vão pensando em coisas intimistas. Pensem em led, telão"

Por Barbara Saryne e Ricardo Schott

Sandy e Junior Lima anunciam nova turnê em coletiva de imprensa em São Paulo
Sandy e Junior Lima anunciam nova turnê em coletiva de imprensa em São Paulo -

Rio - É oficial: Sandy & Junior estão de volta. Calma, é só para uma turnê comemorativa de dez datas, 'Nossa História', que celebra os trinta anos daquela dupla que você conheceu quando eles ainda eram duas crianças. O giro começa em 12 de julho no Recife (no Classic Hall), e prossegue para Salvador (13, Arena Fonte Nova), Fortaleza (19, Centro de Convenções) e Brasília (20, Nilson Nelson). Os cariocas vão conferir o show no dia 3 de agosto, na Jeunesse Arena, seguidos por Belo Horizonte (7, Mineirinho), São Paulo (24, Allianz Parque), Curitiba (31, Pedreira Paulo Leminski), Manaus (13 de setembro, Estúdio 5) e Belém (14, Hangar).

Não foi só a imprensa que compareceu ontem ao local da coletiva de anúncio da turnê - o mesmo Allianz Parque onde irá rolar o show paulistano. Os fãs já berravam pelos seus ídolos desde cedo, na entrada no estádio. Vale citar que Junior, logo no começo do papo, tratou de deixar claro que a reunião tem começo, meio e fim.

"O fato de a gente estar visitando isso é como se estivéssemos abrindo uma fenda no tempo. É uma turnê pontual em homenagem a essa história. O nome é 'Nossa História' porque não é só a história da gente, mas de todo o mundo que caminhou ao nosso lado. Nossos projetos individuais continuam. Estamos nos permitindo viver isso um tempinho, mas depois vamos voltar para nossos trabalhos", revela Junior, afirmando que as músicas solo dos dois não estarão no repertório.

A história do retorno começou a ser ventilada há alguns meses. No que dependesse de alguns empresários, a dupla já teria se reunido há bastante tempo.

"A gente recebe convites e propostas praticamente desde o momento em que nos separamos!", brinca Sandy. "Mas agora nos sentimos prontos. Demoramos um pouco para dar essa notícia porque queríamos arrumar a casa, ter tudo direitinho antes de divulgar. Vazou muito prematuramente, mas agora já estamos prontos para falar sobre".

Junior diz que nada teria acontecido sem que ambos tivessem consolidado seus trabalhos individuais. "Muitos poderiam pensar que estávamos voltando de vez se a gente fizesse do nada. Quando a Sandy fala que estamos prontos, é nesse sentido. Encontramos a hora certa. Quando chegou o convite, não tinha mais porque dizer não. Estávamos na mesma vibe". Sandy revela que o pai, Xororó, foi o responsável pela reunião. "Ele que botou pilha. É o grande culpado de tudo isso", conta.

Sem DVD

O repertório, afirmam Sandy & Junior, estará cheio de clássicos: 'Turu Turu' e 'A Lenda' já foram garantidas. O diretor-geral, Raoni Carneiro, avisou numa declaração dada em vídeo, antes da coletiva, que a turnê irá valorizar bastante a experiência dos fãs. "O público de hoje pode viver um show com efeitos, tecnologia, balé, um grande espetáculo. Mas também vai ter dois cantores maduros", explicou.

Quem deixar de assistir aos shows para esperar sair em DVD, no entanto, terá uma decepção: Sandy & Junior não planejam lançamento nenhum. A dupla irá gravar tudo de qualquer jeito, para ter como lembrança. Mas não rolou nem negociação com a Netflix ou com demais emissoras para mostrar bastidores.

"Quem quiser ver, tem que ir nos shows. A gente resolveu mergulhar no que os fãs mais gostavam. Eles curtiam muita dança, então vai ter balé. Tenho sonhos adolescentes, mas as costas doem", brinca Sandy. "E não vão pensando em coisas intimistas. Pensem em led, telão", frisa. Junior também assevera: "A gente está mais velho. Mas o que tiver de fazer para matar a saudade, a gente vai fazer!".

Lembranças

Sandy e Junior viveram de tudo até a separação em 2007: shows pequenos, shows grandes, grandes vendagens, discos de ouro, platina e diamante, apresentações por todo o Brasil e fora dele, consagração no Rock In Rio - tocaram no festival em sua terceira edição, em 2001.

"Fomos os primeiros brasileiros a lotar o Maracanã. No Rock In Rio a gente estava com medo de sermos vaiados!", recorda Sandy, que tem um fã pequeno, em casa. "Meu filho gosta muito das músicas de Sandy e Junior, o que é muito emocionante para mim. Lembro até hoje de um show que a gente fez na praia e teve recorde de público. Acho que esses momentos foram os mais icônicos". "Eu sai do Maracanã e do Rock in Rio chorando compulsivamente. Lidar com tudo isso é muito maluco", complementa o irmão.

Olhando em retrospecto, mudariam algo no passado? "Eu não mudaria nada do passado, porque essa história nos trouxe para o lugar onde estou. Se eu pudesse dar um conselho para mim na época, só diria para eu ficar tranquila. Diria que tudo vai dar certo", diz Sandy. O hoje youtuber Junior gostaria de ter tudo documentado. "Eu diria para o meu eu do passado que deveria observar tudo e tentar guardar o máximo na memória", afirma.

Falando em Rock In Rio...

Comenta-se bastante sobre uma possível apresentação da dupla no festival, que acontece em setembro e outubro. Junior diz que são apenas especulações. "A turnê inclusive já vai ter acabado quando houver o festival", relata o músico.

Suzano

A dupla não deixou de falar a respeito do massacre da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), que deixou dez pessoas mortas nesta quarta-feira. "É um absurdo e uma infeliz coincidência estarmos celebrando em um dia como hoje. Não vamos deixar passar em branco. Nossos corações estão partidos", lamentou Junior. Sandy agradeceu a presença de todos na coletiva, "mesmo num dia como esse".

Galeria de Fotos

Sandy e Junior Lima anunciam nova turnê em coletiva de imprensa em São Paulo Francisco Cepeda/AgNews
Sandy e Junior Lima anunciam nova turnê em coletiva de imprensa em São Paulo AgNews
Sandy e Júnior César Fonseca/Reprodução
Sandy e Junior Lima anunciam nova turnê em coletiva de imprensa em São Paulo Francisco Cepeda/AgNews
Sandy e Júnior César Fonseca/Reprodução

Comentários