FOTOGALERIA

Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho

Meghan Markle e Príncipe Harry apresentam seu filho
Meghan Markle e Príncipe Harry apresentam seu filho AFP
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho AFP
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho AFP
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho AFP
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho AFP
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho AFP
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho
Príncipe Harry e Meghan Markle apresentam seu filho AFP
Inglaterra - O príncipe Harry e sua esposa Meghan apresentaram nesta quarta-feira seu filho sem anunciar o nome do novo membro da família real britânica.
Com o rosto um pouco mais inchado e visivelmente emocionada, a ex-atriz e seu marido, filho mais novo do príncipe Charles e da princesa Diana, apresentaram no St. George's Hall, em Windsor, o bebê que nasceu na madrugada de segunda-feira, em um parto que aparentemente durou a noite toda.
"É algo mágico, é incrível", declarou a duquesa de Sussex às câmeras de televisão que aguardavam na imponente sala do castelo, localizada a cerca de 40 km a oeste de Londres, decorada com armaduras, bustos de mármore e um enorme tapete vermelho.
"Eu tenho os dois melhores homens do mundo, então estou muito feliz", disse ainda Meghan, segurando o bebê, sob o olhar atento e orgulhoso do pai.
"Ele tem um temperamento muito doce, é realmente muito tranquilo", comentou Meghan. "Eu me pergunto com quem ele parece", brincou Harry, de 34 anos, que quando jovem era o membro mais problemático da família real. Harry puxou o gorrinho branco do filho, envolto num cobertor da mesma cor e que dormia pacificamente. 
Ainda sem nome
Todos esperavam que o casal anunciasse o nome do menino, em um país onde a especulação cresce sobre se escolherão de algum modo homenagear a mãe de Harry, que que morreu em um trágico acidente de carro em Paris em agosto de 1997, ou as raízes afro-americanas de Meghan, que tem entre seus ancestrais escravos que trabalhavam nas plantações de algodão da Geórgia.
Mas os fãs da monarquia britânica terão que continuar esperando para saber qual será o nome do primeiro membro mestiço da família real britânica.
Tão sorridente quanto sua esposa, o duque de Sussex não se ousou dizer com quem o bebê se parecia e também não se revelou a incógnita de que o pequeno será ruivo como o pai, já que seu cabelo não foi mostrado.
"Todo mundo diz que os bebês mudam tanto nas primeiras duas semanas; basicamente vamos acompanhar esse processo de mudança, durante o próximo mês ... Há muitas mudanças todos os dias, então quem sabe?", afirmou Harry.
"Ser pai é incrível, são apenas dois dias e meio, três dias", afirmou ainda. "Estamos muito emocionados por ter nosso próprio pacotinho de alegria", declarou o príncipe, que, logo após seu casamento com Meghan, em maio de 2018, deixou claro seu desejo de ser pai o mais rápido possível.
O jovem casal, que após o anúncio da gravidez se mudou há alguns meses do Palácio de Kensington, em Londres, para Frogmore Cottage, uma casa no domínio do Castelo de Windsor, disse que está desfrutando deste "tempo precioso" com a criança. Para Meghan, "tem sido dias muito especiais". Ela disse ainda que, a caminho do St. George's Hall, encontraram o duque de Edimburgo, marido da rainha Elizabeth II, e esperavam o momento de apresentar pequeno para o resto da família real.
Este é o oitavo bisneto da rainha Elizabeth, 93 anos, e de seu marido Philip, 97, e o quatro neto do príncipe Charles, herdeiro do trono britânico. Charles, 70 anos, que estava visitando a Alemanha na terça-feira, disse que estava "impaciente para conhecer o bebê nos próximos dias, quando as coisas se acalmarem".