'Quero de volta meu nariz', diz Marília Mendonça ao reclamar da gravidez

No Twitter, a cantora reclamou de algumas consequências físicas e emocionais da gestação

Por iG

Marília Mendonça está na reta final da gravidez e reclama de inchaço
Marília Mendonça está na reta final da gravidez e reclama de inchaço -

São Paulo - Marília Mendonça está na reta final da gravidez e parece que já cansada. No Twitter, a cantora reclamou de algumas consequências físicas e emocionais da gestação. “Quero meu cabelo de volta, meu nariz, minha pele, minha facilidade em dormir, meu humor, poder fazer dieta, minha disposição e o Léo no meu colo... será que é pedir muito?”, escreveu.

Mãe de primeira viagem, Marília Mendonça também falou sobre não conseguir atender todos os fãs depois dos shows: “É foda demais o quanto os fãs de verdade tão me apoiando e me entendendo nessa fase. Eu nem ligo pra meia dúzia que insiste em não entender. Vocês não sabem, mas tão me dando mais força que muita gente! Eu nem me preocupo se chego no hotel com dor e tenho que ouvir que já fui mais humilde”.

A cantora não revelou quem falou isso para ela, mas mandou um recado: “Deixo que Deus cuide dessa pessoa e que ela passe muito por esse estado maravilhoso que estou passando! Nada como desejar um filho pra quem não entende uma mulher grávida”.

ai que saudade do meu ex... nariz pic.twitter.com/VEu90I5OOb

— marilia VOTA EM MIM mendonça (@MariliaMReal) October 26, 2019

Brincalhona, a sertaneja também postou uma foto dela de antes da gravidez com a seguinte legenda: “Ai que saudade do meu ex... nariz”. Marília Mendonça também compartilhou outro detalhe inusitado da gestação: “Estar grávida é deitar depois de calcular o lado da cama que tá mais perto do banheiro”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários