Mayana Neiva fala sobre a prisão do pai: 'Será explicado no âmbito jurídico'

Pai da atriz foi preso em operação da PF após ser citado em duas delações premiadas

Por O Dia

Mayana Neiva e seu pai, Vladimir Neiva
Mayana Neiva e seu pai, Vladimir Neiva -
Rio - A atriz Mayana Neiva falou, através de sua assessoria de imprensa, sobre a prisão de seu pai, Vladimir Neiva. Ele foi preso em operação da Polícia Federal na Paraíba, na terça-feira, após ter sido citado em duas delações premiadas. Segundo a PF, as prisões fazem parte da sétima fase da operação Calvário, que investiga o suposto desvio de R$ 134,2 milhões das áreas de saúde e educação pública da Paraíba.
"Trata-se de algo que envolve exclusivamente seu pai e que será explicado, agora, no âmbito jurídico. Gostaríamos de afirmar que Vladimir Neiva apenas foi indiciado, não foi sequer denunciado e que tudo ainda transita na esfera da investigação, não existindo nenhum condenado até agora", inicia a nota da assessoria da atriz, enviada à revista "Quem". 
"É necessário neste momento ter ética e cuidado para que um fato isolado não prejudique uma carreira exclusivamente dedicada às artes, como tem sido a de Mayana, que tem na dramaturgia sua paixão e
sua única fonte de renda. Vivemos em uma época em que a mídia e os leitores condenam antes da justiça. Em que a pressão por culpados exista antes de uma apuração correta e transparente. O que existe, de fato, é uma acusação de entrega de recursos a certos agentes políticos, mas nada comprovado nos autos. Apenas há a versão de um delator. Seguimos confiantes que em breve, encerrada as investigações e com a liberdade de Vladimir restituída, ele será absolvido, caso realmente venha a ser processado (o que ainda não aconteceu).", finaliza a nota.
Atualmente, Mayana Neiva está no ar na novela "Éramos Seis", da Globo. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários