Felipe Roque viverá romance gay em filme

Trailer do longa trás cenas de sexo entre o ator e Junior Provesi

Por O Dia

Felipe Roque viverá romance gay em filme
Felipe Roque viverá romance gay em filme -
Rio - O filme nacional “Resistir e Recomeçar” (antes o filme se chamava Resistir para Recomeçar) terá seu primeiro trailer oficial lançado no mês de maio. Com uma temática LGBTQIA+ o longa promete levantar o debate sobre machismo e homofobia e o momento não poderia ser mais apropriado, já que maio é considerado o mês mundial da luta contra a homofobia. 

Galeria de Fotos

Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação
Felipe Roque viverá romance gay em filme Divulgação


No entanto, além das questões sociais e da luta da comunidade LGBTQIA+, o filme promete agitar as águas também por outros motivos. O personagem principal Pedro, vivido pelo ator Junior Provesi, terá cenas quentes de sexo e nudez com Henrique, vivido por Felipe Roque.
No longa, que será a estreia da vencedora do “BBB 18” Gleici Damasceno como atriz, Felipe será um homem casado com uma mulher que costuma contratar os serviços de garotos de programa e travestis. Roque que está acostumado a ser visto vivendo galãs héteros em novelas, como em "A Regra do Jogo" e "Malhação", promete surpreender o público e dar voz à luta contra o preconceito.

Junior Provesi, protagonista do longa, conta mais detalhes sobre o longa e as gravações: ”Felipe Roque fará par romântico com o meu personagem, o Pedro, que sofre homofobia do pai e será expulso de casa por ser gay. Ele será o cara que ajudará o Pedro a sair da depressão”, explica o ator.

A previsão de lançamento do filme é dia 1º de dezembro dete ano. A produção do longa é uma parceria entre a 31 entretenimento, Cultural Bridge e Provesi Criações. “Estamos atentos à situação da pandemia da covid-19. Caso a situação esteja estável poderemos concretizar o planejado de lançar em dezembro. Assim esperamos”, contou Provesi.

O filme não teve qualquer captação de recursos públicos para a sua realização, não contando com a polêmica Lei Rouanet para sua realização. Além disso, parte da renda de bilheteria do filme será revertida para instituições que ajudam ONGs LGBTQIA+ e instituições que atendem e cuidam de pessoas com HIV.
Assista:

Comentários