José de Abreu relembra morte do filho e desabafa: 'Maior dor de um pai'

Ator perdeu o primogênito há 28 anos

Por ESTADÃO CONTEÚDO

José de Abreu
José de Abreu -
Rio - No Dia dos Pais, neste último domingo (9), José de Abreu emocionou seus seguidores ao compartilhar no Instagram uma homenagem ao seu filho primogênito Rodrigo, que morreu há 28 anos atrás.

Galeria de Fotos

Rodrigo, filo mais velho do ator José de Abreu, morreu há 28 após cair da janela de um apartamento no Rio de Janeiro Reprodução Instagram
José de Abreu Divulgação
Ator ironizou apoio do governo Bolsonaro a autodeclaração de Guaidó como presidente da Venezuela Reprodução
José de Abreu Reprodução
"A maior dor de um pai é perder um filho. É a vida invertida. Este é o Rodrigo, meu primogênito, que cumpriu seu karma rápido demais. Lá se vão 28 anos. (Um dia nos veremos de novo, filho)", publicou.
Rodrigo foi fruto do relacionamento de José com a advogada Neuza Serroni. Ele tinha 21 anos quando morreu ao cair da janela do apartamento que dividia com o pai, no Rio de Janeiro.
O ator também fez uma série de outras publicações com a família no Dia dos Pais para homenagear seus outros filhos. "Francisco, Maria, Lurdes, Theo, Ana, Miguel, Cristiano e B. Quem não for filho é neto", explicou na legenda.

Comentários