Saque-aniversário pode ser solicitado pelo aplicativo FGTSMarcelo Camargo/Agência Brasil

Rio - Trabalhadores que quiserem optar pelo saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) este ano já podem começar a ficar atentos ao prazo para solicitar a modalidade. Segundo a Caixa Econômica, somente neste mês de janeiro, mais de 1,3 milhão de brasileiros podem pedir o adiantamento desde a última terça-feira, 3. Em 2021, 17,9 milhões de trabalhadores fizeram adesão ao saque-aniversário já sacaram R$ 21,1 bilhões. 
O período de saques começa sempre no primeiro dia útil do mês de aniversário do trabalhador e os valores ficam disponíveis até o último dia útil do segundo mês subsequente. Aniversariantes de janeiro, por exemplo, se enviarem o requerimento até esta semana, terão até o dia 31 de março para tirar o dinheiro. Caso o dinheiro não seja retirado no prazo, volta para as contas do FGTS em nome do trabalhador.
Neste ano, as datas para usufruir da modalidade serão as seguintes: 
Mês de aniversário Período de pagamento
Janeiro 1º de abril a 30 de junho
Fevereiro 1º de fevereiro e 29 de abril
Março 2 de março a 31 de maio
Abril 1º de abril a 30 de junho
Maio 2 de maio a 29 de julho
Junho 1º de junho a 31 de agosto
Julho 1º de julho a 30 de setembro
Agosto 1º de agosto a 31 de outubro
Setembro 1º de setembro a 30 de novembro
Outubro 3 de outubro a 30 de dezembro
Novembro 1º de novembro a 31 de janeiro de 2023
Dezembro 1º de dezembro a 28 de fevereiro de 2023

Vale lembrar que, se não for retirado, o dinheiro retorna a conta vinculada. O valor a ser recebido pode variar entre 50% e 5% do fundo, de acordo com o saldo na conta, além de uma parcela adicional, baseada no seguinte cálculo:
Trabalhadores que tiverem um saldo de até R$ 500 de FGTS podem sacar até 50% do valor do saldo. Já aqueles que tiverem de R$ 500 a R$ 1 mil disponíveis, podem sacar 40% do valor e uma parcela adicional de R$ 50. Para usuários com saldo de R$ 1.000,01 a R$ 5 mil o limite de retirada é de 30% com um adicional de R$ 150 e, os que possuirem um saldo entre de 5.000,01 até 10 mil, podem sacar 20% com um adicional de R$ 650,00.
Enquanto isso, trabalhadores com saldo de R$ 10.000,01 até 15 mil tem permissão para sacar até 15% do valor e um adicional de R$ 1.150. Já os que possuírem um saldo entre R$ 15.000,01 e R$ 20 mil podem retirar até 10% do valor com um adicional de R$ 1,9 mil. Cidadãos com mais de R$ 20 mil de saldo podem retirar no máximo 5% do valor disponível somado ao adicional de R$ 2,9 mil.
Como solicitar?
Para solicitar o saque-aniversário, os usuários devem escolher a opção no aplicativo FGTS, no site https://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/, no Internet Banking Caixa ou nas agências do banco. Aqueles que optarem pela modalidade até o último dia dos mês de aniversário poderão receber o valor ainda no ano vigente.
Os trabalhadores podem optar, ainda, pelo saque digital. "Basta acessar o aplicativo do FGTS para consultar os valores já liberados e solicitar o saque, indicando uma conta de sua titularidade, de qualquer Banco. Tudo 100% digital, sem precisar ir à uma agência. A funcionalidade está disponível desde fevereiro de 2020", informou a Caixa.
Vale lembrar que ao optar pelo saque-aniversário, aqueles que decidirem voltar a modalidade "saque-rescisão" só poderão fazer a mudança após 24 meses. Além disso, o saque-aniversário não possibilita a retirada do valor integral do fundo em caso de demissão. Já a multa rescisória de 40% sobre o valor do saldo paga pelo contratante não sofre nenhuma alteração.