Seleção brasileira sai na frente, mas cede empate para Senegal em amistoso

Firmino fez o gol do Brasil nesta quinta-feira

Por iG

Brasil empatou com Senegal
Brasil empatou com Senegal -
Singapura - Depois de perder para o Peru e empatar com a Colômbia nos dois últimos amistosos, o Brasil decepcionou mais uma vez ao empatar com Senegal nesta quinta-feira. A seleção brasileira abriu o placar logo aos 8 minutos do primeiro tempo com gol de Firmino, mas acabou diminuindo o ritmo e não conseguiu se impor.

Aos 45, ainda da primeira etapa, Marquinhos fez pênalti em Mané e Diédhiou converteu, deixando tudo igual. Na segunda etapa, as duas equipes continuaram tentando, Neymar teve uma falta para cobrar aos 44 do segundo tempo, mas o jogo terminou 1 a 1.
QUE TOQUE!
Em um início forte da Seleção Brasileira , com as linhas altas e dificultando a saída de bola de Senegal, uma mudança tática de Tite surtiu efeito relâmpago. Escalado na meia-direita, Gabriel Jesus descolou belo passe em profundidade para Firmino, que tocou por cima do goleiro e abriu o placar para o Brasil aos nove minutos.

CAIU DE PRODUÇÃO
Após o gol marcado, a atuação do Brasil, que prometia ser consistente pelos primeiros minutos fortes, foi decaindo. A então marcação alta foi recuada, e com isso Senegal cresceu na partida e passou a levar muito perigo ao gol de Ederson, que fez bela defesa para evitar gol de Sadio Mané.

CASTIGO
Mal nos minutos finais de partida, a Seleção Brasileira sofreu o empate praticamente no último lance de perigo do primeiro tempo. Sadio Mané, ao seu melhor estilo, fez bela jogada individual, entortou Marquinhos e foi derrubado na área. Pênalti para Senegal, cobrado com categoria por Diedhiou para decretar o empate.

NEM ASSUSTOU
No segundo tempo, a marcha lenta que o Brasil atuou na parte final da primeira etapa continuou sendo a tônica da partida. O ataque brasileiro não conseguiu criar chances de perigo, e o goleiro Gomis sequer fez uma defesa difícil.

NO LUCRO
Nos 15 minutos finais de partida, quem ficou mais perto do gol da vitória foi a seleção senegalesa. Em dois minutos, dois chutes de fora da área assustaram Ederson. O primeiro de Sarr, o goleiro brasileiro fez bela defesa, e no segundo, de Sadio Mané, a trave foi quem evitou o pior para o Brasil.

Comentários