Seleção decepciona e empata mais uma vez

Após 1 a 1 com Senegal, Brasil tropeça na Nigéria em amistoso no qual Neymar deixa o gramado com lesão na coxa esquerda

Por

Neymar cumprimenta o técnico Tite ao deixar o gramado: lesão
Neymar cumprimenta o técnico Tite ao deixar o gramado: lesão -

OBrasil segue devendo. O empate em 1 a 1 com a Nigéria, ontem, no Estádio Nacional, foi a quarta partida da Seleção sem vitórias, em duelo que ficou marcado pela lesão de Neymar, que deixou o campo com dores na coxa esquerda, e pela atuação decepcionante da equipe de Tite, que, mesmo assim, tirou algo de positivo no tropeço.

"O resultado foi insuficiente. Em matéria de resultado, a Seleção sempre quer vencer. Mas, principalmente no segundo tempo, tivemos um grande desempenho. Tivemos posse de bola e criatividade. Não adianta ter posse de bola sem criar, mas criamos. Faltou efetividade para fazer o gol", avaliou o treinador.

A perda de Neymar, aos 13, deixou Tite apreensivo. Ele negou, porém, que o camisa 10 tenha se lesionado no empate com Senegal: "Não pago preço de vencer jogo de qualquer jeito. Não coloco atleta se não tiver condições. Seria irresponsabilidade, inconsequência. Se tiver algum risco não colocamos".

O Brasil, que não vence desde que conquistou a Copa América em julho, viu a Nigéria fazer 1 a 0 com Aribo, aos 34 minutos. No segundo tempo, Casemiro, aos 2 minutos, empatou, após cabeçada de Marquinhos na trave. A virada, porém, não veio.

"O empate nunca é bom, queríamos vencer, mas no segundo tempo a resposta foi boa, contra uma equipe forte fisicamente", analisou Casemiro.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Filipe Luís torceu o joelho esquerdo: lateral voltou a treinar com bola Alexandre Vidal / Flamengo
Neymar cumprimenta o técnico Tite ao deixar o gramado: lesão AFP
Carol se manifestou nas redes Reprodução Internet
Além de auxiliar-técnico de Marcão, Ailton é coordenador da categoria sub-20 do Fluminense LUCAS MERÇON / FLUMINENSE

Comentários