Antônio Lopes compara Vasco campeão da Libertadores ao Flamengo atual: 'Daria jogo'

Treinador do time cruzmaltino que conquistou a Libertadores fez elogios ao Rubro-Negro

Por O Dia

Vasco campeão da Libertadores 1998
Vasco campeão da Libertadores 1998 -
Rio - Treinador do Vasco na conquista mais importante de sua história, o técnico Antônio Lopes comparou a equipe que levantou a Libertadores em 1998 com o atual time do Flamengo, que pode repetir o feito em 2019. Para ele, em um embate entre os dois times, o Cruzmaltino conseguiria fazer frente ao Rubro-Negro.
"Eu acho que faria, o Flamengo está com um elenco excepcional. O Flamengo gastou mais de R$ 100 milhões para poder fazer contratações e acertou nas contratações, tem um time de alta qualidade. Então, acho que faria frente sim. Nosso time era muito bom, mas, diferentemente deste Flamengo, o nosso time foi formado por pratas da casa, como Felipe e Pedrinho, outros jogadores, como o Ramon, e ainda recuperamos outros jogadores. Então, este Flamengo faria sim frente ao nosso time, que era também um time excepcional, tanto que foi campeão do Brasileiro [1997], depois da Libertadores, do Estadual [1998], do Rio-São Paulo [1999]...", declarou Lopes ao portal "UOL".
O ex-treinador rasgou elogios ao trabalho que vem sendo feito no Flamengo e ainda afirmou que o time atual superou até mesmo o de 1981, considerado o maior da história do clube.
"Eu acho que sim. O Flamengo, há muitos anos, não forma um elenco. O Flamengo tem elenco e tem um time. Aquele Flamengo que foi campeão brasileiro e da Libertadores de 81 também era muito bom, mas este time atual do Flamengo é melhor do que aquele na era do Zico. Este é melhor pela qualidade e pela maneira que vem jogando o time. Eu acho que esse time atual do Flamengo é melhor do que aquele da época do Zico. Era bom aquele time, mas eu acho que esse é melhor"
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários