Segurança que 'salvou' torcedor espancado relata cenário do clássico no Nilton Santos

Partida entre Flamengo e Botafogo teve diversos episódios de brigas e confusões

Por João Vitor Campos e Venê Casagrande

Roberto Nascimento defende torcedor
Roberto Nascimento defende torcedor -
Rio - O clássico entre Botafogo e Flamengo, na última quinta-feira, ficou marcado por diversas confusões dentro e fora do estádio. Entre elas, chamou a atenção a cena na qual Roberto Nascimento, um dos seguranças contratados pelo Botafogo para fazer o jogo, aparece defendendo um torcedor sob a desconfiança de que seria rubro-negro. O segurança falou com exclusividade ao O Dia sobre o momento da confusão.
"Eu estava passando no local e vi torcedores do Botafogo, entre 20 a 30, correndo atrás desse moço. E eu passei a frente desses torcedores para tentar salvar este rapaz. Segundo os botafoguenses, ele estava comemorando a vitória do Flamengo. Fui até ele, e o pessoal tacando pedra, cadeira, garrafa, cerveja. Levei ele até a descida do estádio, onde tinha um pessoal do BEP, que nos deu suporte", relatou o segurança da empresa Blindados.
Confira o momento da confusão:
Roberto também afirmou que alguns torcedores do Botafogo interrogavam possíveis flamenguistas, que tinham que comprovar se eram ou não um torcedor infiltrado.
"Teve um lance em que eu estava próximo, e tinha mais ou menos 10 botafoguenses interrogando um rapaz a paisana. Ele respondia: "Não sou flamenguista". Ai eu falei: "rapaziada, o cara já não falou que não é flamenguista?". Ai pegaram o celular dele na força, eu tentei apaziguar a situação, e o celular dele logo de cara mostrava o escudo do Flamengo. Foi uma situação lamentável que eu tive que ficar com o torcedor, levaram o celular dele e não apanhou mais porque a gente estava ali.", revelou.
"Ontem foi muito complicado trabalhar. Tinha briga em todos os setores, tinha muita gente a paisana, que tinham que provar de alguma forma. Primeiro tinham que falar porque estavam a paisana e segundo eles tinha que provar que não eram flamenguistas. Este era o cenário de ontem.", completou Roberto.

Comentários