Tino Marcos voltará à Globo como freelancer e sem salário fixo de R$ 130 mil

Repórter estava de licença da emissora desde julho

Por O Dia

Tino Marcos
Tino Marcos -
Rio - De licença da TV Globo desde julho, o repórter Tino Marcos deve retornar aos trabalhos em janeiro de 2020. No entanto, de acordo com o jornalista Léo Dias, seu vínculo com a emissora sofrerá mudanças. Ele passará a trabalhar como freelancer, ou seja, receberá por trabalhos feitos. Além disso, contará com certas regalias, como não entrar na escala de plantões e não precisar dar expediente na redação.
Antes do período "sabático", em que ficou afastado do trabalho e sem receber por opção própria, Tino era contratado da Globo em regime de CLT e tinha um salário mensal entre R$ 130 e 150 mil. Alguns benefícios antigos, como plano de saúde, serão mantidos no novo vínculo.
A mudança no tipo de contrato não é exclusividade de Tino. A Globo tem agido da mesma forma com todos os profissionais do esporte que ganham acima de R$ 100 mil.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários