Mais Lidas

Mulher morre arrastada por enxurrada que filmava com celular

Ela chegou a ser alertada para o perigo de fazer as imagens de tão perto, mas ignorou

Por AFP

Mulher morre arrastada por enxurrada
Mulher morre arrastada por enxurrada -

Peru - Uma mulher morreu soterrada por uma enxurrada de lama e pedras que estava gravando com seu telefone celular na região de Cusco, no sudeste de Peru. Santusa Huallpa, de 35 anos, havia começado a filmar com seu celular na tarde de domingo a enxurrada que descia de um morro na encosta de uma estrada quando foi atingida. Ela desapareceu diante dos olhares de dezenas de pessoas.

Vários passageiros de ônibus que transitavam pela via entre Huambutio e Huancarani haviam descido dos veículos diante da iminência da enxurrada. Alguns deles alertaram Huallpa para que se afastasse da zona de risco, mas ela continuou captando imagens com seu telefone.

O fato foi registrado em um vídeo gravado por outra pessoa e divulgado nas redes sociais.

Após horas de busca, a Defesa Civil anunciou, nesta segunda-feira, que os socorristas haviam encontrado o corpo da mulher. Segundo a imprensa local, ela tinha cinco filhos.

Alto risco de inundações

As fortes chuvas de temporada ao longo dos Andes provocaram deslizamentos de terra nas montanhas, o que favorece enxurradas e transbordamentos de rios.

O Centro Nacional de Desastres alertou que entre janeiro e março existe um alto risco de inundações e enxurradas nas regiões dos Andes peruanos pela temporada de chuvas.

Segundo a Defesa Civil, 23 pessoas pela atual temporada de chuvas no Peru.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia