Kim Jong-un suplicou 'de joelhos' por cúpula com Trump, diz advogado

Encontro está marcado para o dia 12 de junho, em Cingapura

Por O Dia

Kim Jong-un
Kim Jong-un -

Washington - O ex-prefeito de Nova York e agora advogado do presidente Donald Trump, Rudy Giuliani, disse que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, implorou "de joelhos" que a cúpula entre os dois países fosse realizada. As informações são do Wall Street Journal.

Giuliani disse, em conferência em Israel, que o governo cancelou a cúpula em maio, depois que funcionários do governo norte-coreano insultaram funcionários americanos. "Eles também disseram que iriam para uma guerra nuclear conosco, que iriam nos derrotar em uma guerra nuclear", disse Giuliani. "Nós dissemos que não teríamos uma cúpula nessas circunstâncias."

Segundo o advogado, depois que Trump cancelou a reunião,Kim Jong-un voltou de joelhos e implorou para que acontecesse. "Esta é exatamente a posição que você quer colocá-lo", disse Giuliani.

Na conferência em Tel Aviv, o advogado disse que aconselhou Trump a agir da mesma forma em negociações com autoridades palestinas em um futuro processo de paz no Oriente Médio.

 

Últimas de Mundo & Ciência