Incêndios na Grécia já deixam 81 mortos. Autoridades falam de 'sérios indícios' de 'atos criminosos'  - AFP
Incêndios na Grécia já deixam 81 mortos. Autoridades falam de 'sérios indícios' de 'atos criminosos' AFP
Por O Dia

Atenas -Incêndios florestais no nordeste de Atenas, capital da Grécia, já deixam 60 mortos, segundo um balanço divulgado nesta terça-feira. Cento e cinquenta e seis pessoas estão feridas, algumas em estado grave, e há relatos de desaparecidos, fazendo com que tenha possibilidade de aumentar o número de mortos.

Os incêndios já são considerados os piores a atingir o país em mais de uma década. Moradores da cidade de Rafina, uma das atingidas pelo fogo, foram obrigados a fugir em direção ao mar para escapar das chamas.

Incêndios na Grécia já deixam 60 mortos, 156 feridos e relatos de desaparecidos. Os incêndios já são considerados os piores a atingir a Grécia - AFP

Com o inverno seco do início do ano e as altas temperaturas do verão, houve condições ideais para o fogo se espalhar. Em 2007, dezenas de pessoas morreram quando o fogo devastou o Sul grego.

Os incêndios estão avançando em três frentes na região Ática, incluindo uma que está atualmente fora de controle perto da vila balneária de Mati, que fica a 29 Km de Atenas. A pequena cidade de Mati, que costuma atrair turistas locais, é onde as autoridades encontram a maior parte dos mortos até o momento e foi destruído pelas chamas.

Incêndios na Grécia já deixam 60 mortos, 156 feridos e relatos de desaparecidos. Os incêndios já são considerados os piores a atingir a Grécia - AFP

Centenas de bombeiros foram mobilizados. O Exército também foi convocado. Nesta terça-feira, chegaram aviões de combate a incêndio vindos da Espanha. As chamas destroem casas e interrompem o serviço de grandes vias de transporte. Conexões ferroviárias foram destruídas e voos foram desviados ou cancelados.

Com informações da AFP

Você pode gostar