EUA incluem dezenas de empresas cubanas à lista de restrições comerciais

Declaração foi dada pelo conselheiro da Casa Branca nesta quinta-feira

Por AFP

Trump
Trump -

Miami - Os Estados Unidos informaram nesta quinta-feira que o departamento de Estado acrescentou uma série de empresas ligadas a militares ou a serviços de inteligência cubanos na ilha à lista de empresas com restrições nos Estados Unidos.

John Bolton, conselheiro da Casa Branca para a Segurança Nacional, disse que "o departamento de Estado acrescentou várias entidades, pertencentes ou controladas pelos militares cubanos ou pelos serviços de inteligência, à lista de entidades cujas transações financeiras são proibidas para pessoas nos Estados Unidos", de acordo com trechos de um discurso em Miami.

Últimas de Mundo & Ciência