Mais de 70 estudantes são sequestrados em escola por homens armados

Diretor do colégio, professor e motoristas também são reféns em Bamenda, em Camarões

Por AFP

Bamenda, capital da região noroeste de Camarões, onde 80 pessoas foram sequestradas em uma escola
Bamenda, capital da região noroeste de Camarões, onde 80 pessoas foram sequestradas em uma escola -

Camarões - Um total de 82 pessoas, incluindo 79 estudantes, foram sequestradas na manhã desta segunda-feira, na cidade de Bamenda, em Camarões.

O diretor da Presbyterian Secondary School de Bamenda, um professor e um motorista também foram sequestrados por homens armados que ainda não foram identificados.

O sequestro foi confirmado à AFP por uma fonte do estabelecimento escolar.

"As operações de busca começaram a encontrar os reféns, a mobilização é total", acrescentou a mesma fonte após uma reunião de crise do executivo.

O presidente de Camarões, Paul Biya, de 85 anos - há 35 no poder - foi reeleito no final de outubro pelo sétimo mandato, com 71,28% dos votos.

A região do crime está mergulhada em um conflito armado entre separatistas e as forças de segurança.

As duas regiões anglófonas dos Camarões, no noroeste e no sudoeste, são desestabilizadas por grupos separatistas armados que pretendem proclamar um Estado independente, restaurando assim a "dignidade" de uma minoria que se considera marginalizada pelo governo central.

Últimas de Mundo & Ciência