Incêndio na Califórnia tem mais de mil desaparecidos

Número de desaparecidos saltou de 631 para 1.011, segundo informação divulgada nesta sexta-feira

Por AFP

Agente policial cerca área devastada pelo incêndio florestal em Paradise, no norte da Califórnia
Agente policial cerca área devastada pelo incêndio florestal em Paradise, no norte da Califórnia -

Los Angeles - O número de desaparecidos no incêndio devastador que atingiu o norte da Califórnia ultrapassou mil pessoas, informaram as autoridades nesta sexta-feira, acrescentando que foram encontradas mais oito vítimas fatais.

O xerife do condado de Butte, Kory Honea, revelou que de quinta para sexta-feira o número de desaparecidos saltou de 631 para 1.011, com novos relatos de pessoas sem contato e enquanto as autoridades repassam as chamadas de emergência realizadas no dia 8 de novembro, quando foi deflagrado o chamado incêndio "Camp Fire", que até o momento deixou 71 mortos.

Outras três pessoas morreram no sul da Califórnia no incêndio "Woolsey Fire".

 

Honea destacou que a lista de desaparecidos flutua constantemente e que isto não significa que todos estão mortos.

"Quero que entendam que é uma lista dinâmica. A informação que estou proporcionando é informação bruta e sabemos que existe a possibilidade de duplicidade de nomes".

Últimas de Mundo & Ciência