Acidente com trem-bala mata nove e fere 47 na Turquia

Trem, que seguia de Ancara, capital do país, colidiu com uma locomotiva que passava por uma avaliação de rotina na mesma via

Por O Dia

O ministro dos Transportes, Cahit Turhan, afirmou que entre os mortos estão três operários de ferrovias. Estavam a bordo do trem 206 pessoas
O ministro dos Transportes, Cahit Turhan, afirmou que entre os mortos estão três operários de ferrovias. Estavam a bordo do trem 206 pessoas -

Ancara - Ao menos nove pessoas morreram e 47 ficaram feridas, três delas em estado grave, nesta quinta-feira quando um trem-bala colidiu com uma locomotiva em Ancara, capital da Turquia.

O ministro dos Transportes, Cahit Turhan, afirmou que entre os mortos estão três operários de ferrovias. Ele explicou que uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

O trem, que seguia de Ancara para Konya (centro do país), colidiu com uma locomotiva que passava por uma avaliação de rotina na mesma via, informou o governador de Ancara, Vasip Sahin.

Turhan indicou que o acidente aconteceu seis minutos após a entrada da composição na estação de Marsandiz, a menos de 10 km da estação central de Ancara.

O governador afirmou que os trabalhos de busca e resgate de vítimas prosseguem e que uma "investigação técnica" foi iniciada para esclarecer as causas da tragédia.

De acordo com o jornal Hurriyet, 206 pessoas estavam a bordo do trem.

As imagens exigidas por canais locais mostram alguns vagões descarrilados e parte do trem sobre a ferrovia, coberta de neve.

Uma passarela de pedestres desabou em consequência do acidente.

A linha de trem-bala Ancara-Konya foi inaugurada em 2011. Três anos depois foi inaugurada a linha Ancara-Istambul.

Últimas de Mundo & Ciência