Evo Morales assistirá à posse de Bolsonaro

A decisão de Bolsonaro de retirar o convite ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, sob o argumento de que este não tem lugar "em uma celebração da democracia" gerou dúvidas sobre a presença de Morales na posse

Por AFP

Evo Morales
Evo Morales -

La Paz - O presidente da Bolívia, Evo Morales, viajará ao Brasil para a cerimônia de posse de Jair Bolsonaro, no próximo dia 1º de janeiro, informou nesta segunda-feira o chanceler boliviano, Diego Pary. "Fomos convidados e estamos comunicando que vamos participar" da cerimônia de posse do presidente, revelou o chefe da diplomacia boliviana.

A decisão de Bolsonaro de retirar o convite ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, sob o argumento de que este não tem lugar "em uma celebração da democracia" gerou dúvidas sobre a presença de Morales na posse.

Evo Morales é um leal aliado da Venezuela e sempre manifestou sua admiração pelos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, e pelo Partido dos Trabalhadores. 

Últimas de Mundo & Ciência