Ano Novo já chegou à Nova Zelândia, Austrália e ao Reino de Tonga

Sidney, uma das cidades mais populosas do país, fez uma verdadeira festa com fogos de artíficos, shows e muita comemoração

Por Agência Brasil

Sidney comemorou Ano Novo com show de fogos e luzes
Sidney comemorou Ano Novo com show de fogos e luzes -

Sidney - O Ano Novo já chegou à Nova Zelândia e ao Reino de Tonga, na Polinésia. O ano de 2019 foi recebido com muita festa, fogos de artíficio e desejos de sonhos e projetos realizados. A imprensa neozelandesa destacou imagens das celebrações. Porém, no Reino de Tonga a preocupação é com a possibilidade de um vendaval atingir a região.

O Ano Novo também chegou à Austrália. Sidney, uma das cidades mais populosas do país, fez uma verdadeira festa com fogos de artíficos, shows e muita comemoração.

Galeria de Fotos

Os fogos de artifício da véspera de Ano Novo surgem na icônica Harbour Bridge e Opera House de Sydney durante o show de fogos de artifício, em 1º de janeiro de 2019 Peter Parks/ AFP
Os fogos de artifício da véspera de Ano Novo surgem na icônica Harbour Bridge e Opera House de Sydney durante o show de fogos de artifício, em 1º de janeiro de 2019 Peter Parks/ AFP
Os fogos de artifício da véspera de Ano Novo surgem na icônica Harbour Bridge e Opera House de Sydney durante o show de fogos de artifício, em 1º de janeiro de 2019 Peter Parks/ AFP
Os fogos de artifício da véspera de Ano Novo surgem na icônica Harbour Bridge e Opera House de Sydney durante o show de fogos de artifício, em 1º de janeiro de 2019 Peter Parks/ AFP
Os fogos de artifício da véspera de Ano Novo surgem na icônica Harbour Bridge e Opera House de Sydney durante o show de fogos de artifício, em 1º de janeiro de 2019 Peter Parks/ AFP
Sidney comemorou Ano Novo com show de fogos e luzes Reprodução

No Reino de Tonga houve alerta de ventos intensos oriundos de Fiji, com ameaça de ciclone tropical. Um aviso de tempestade e fortes ondas também está em vigor.

Na Nova Zelândia, houve espetáculos de música em várias cidades. O jornal Nova Zelândia Herald, um dos principais do país, destaca a presença de caravanas de turistas estrangeiros, inclusive brasileiros.

Últimas de Mundo & Ciência