'Temos que construir o muro' na fronteira do México, insiste Trump

As discussões para encerrar o 'shutdown' continuaram hoje

Por France Press

Presidente americano Donald Trump dando entrevista a imprensa próximo a Casa Branca após a saída da reunião com os congressistas americanos
Presidente americano Donald Trump dando entrevista a imprensa próximo a Casa Branca após a saída da reunião com os congressistas americanos -

Estados Unidos - O presidente americano Donald Trump sustentou, neste domingo, sua demanda de conseguir bilhões de dólares para financiar a construção do muro na fronteira com o México - que levou a uma paralisação parcial do governo dos Estados Unidos que já dura três semanas.

"Temos que construir o muro", disse Trump à imprensa na saída da Casa Branca para Camp David, admitindo que o muro pode ser de "aço, em vez de concreto".

"É uma questão de segurança, é sobre a segurança de nosso país. Não temos alternativa", afirmou.

A falta de acordo com os legisladores sobre inclusão de fundos para financiar o muro no orçamento federal mantém o governo americano parcialmente paralisado desde 22 de dezembro.

As discussões para tentar encerrar o chamado "shutdown" devem continuar neste domingo, após conversas de ontem entre o vice-presidente Mike Pence e os dois líderes democratas no Congresso, Chuck Schumer e Nancy Pelosi terminaram com poucos avanços.

Os democratas, que agora controlam a Câmara dos Representantes, não parecem dispostos a fazer concessões ao presidente sobre um muro que Pelosi classificou de "imoralidade".

"Este 'shutdown' poderia terminar amanhã e também poderia durar por muito tempo", disse Trump. "Realmente depende dos democratas", afirmou.

Galeria de Fotos

Vice presidente do congresso americano Mike Pencee outros congressistas americanos saindo da Casa Branca France Press
Presidente americano Donald Trump dando entrevista a imprensa próximo a Casa Branca após a saída da reunião com os congressistas americanos France Press

Últimas de Mundo & Ciência