Trump declara emergência nacional para construir muro na fronteira com México

Presidente americano volta a chamar imigrantes que buscam melhores condições de vida de criminosos e anuncia medida radical para construção do muro

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Presidente americano Donald Trump anunciou que vai declarar emergência nacional para construir muro
Presidente americano Donald Trump anunciou que vai declarar emergência nacional para construir muro -

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira que irá assinar uma declaração de emergência nacional nesta tarde para garantir maior segurança à fronteira do país com o México. De acordo com ele, o tráfico humano e o tráfico de drogas são problemas que precisam ser combatidos e, para isso, é necessária a construção de um muro na fronteira sul dos EUA. "Temos uma invasão de gangues, crime e drogas no nosso país. Um muro fronteiriço impediria que essas coisas nos afetassem", disse.

De acordo com Trump, tanto a presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi (Califórnia), quanto o líder democrata no Senado, Chuck Schumer (Nova York) "sabem que precisamos de uma barreira na nossa fronteira sul". Ele disse, ainda, que, como o atual momento da economia americana está bom, "mais pessoas estão tentando entrar no nosso país", o que vem sendo impedido, em algumas áreas, devido a barreiras físicas que existem em algumas cidades fronteiriças. "Provavelmente, seremos contestados na Justiça por causa disso, mas acho que iremos vencer no final", disse Trump a um repórter.

Questionado sobre o projeto orçamentário bipartidário aprovado ontem tanto no Senado quanto na Câmara dos Representantes, Trump disse que não ficou feliz com o valor de US$ 1,4 bilhão destinado para a segurança na fronteira dos EUA com o México e a construção de barreiras fronteiriças. O presidente havia exigido US$ 5,7 bilhões para o muro e disse que não ficou "feliz" com o valor dado pelo Congresso. De acordo com o Wall Street Journal, as medidas devem reunir US$ 8 bilhões em fundos para a construção de barreiras fronteiriças. Em seu discurso, o presidente não deu um valor exato. "Temos uma chance de chegar perto de US$ 8 bilhões. Seja US$ 8 bilhões ou US$ 1,5 bilhão, vamos erguer um muro", disse.

Pouco antes do pronunciamento de Trump, o chefe de gabinete interino da Casa Branca, Mick Mulvaney, afirmou que Trump tentará tirar cerca de US$ 6,7 bilhões de outras partes do governo para construir cerca de 375 quilômetros de um muro de aço. Mulvaney disse que o presidente tomou as medidas executivas porque o Congresso se mostrou "incapaz" de permitir o nível de financiamento exigido pela Casa Branca. Entre eles, serão US$ 2,5 bilhões que serão tirados de esforços antidrogas do Departamento de Defesa, US$ 600 milhões do Tesouro e US$ 3,6 bilhões de construções militares.

Comentários