Restaurante de luxo é investigado por intoxicação que matou uma mulher

Justiça investiga a morte de uma pessoa após comer em estabelecimento com uma estrela Michelin em Valência, na Espanha, onde 29 clientes passaram mal

Por AFP

Prato com couve flor, algas e caviar do restaurante Riff, investigado após morte de cliente
Prato com couve flor, algas e caviar do restaurante Riff, investigado após morte de cliente -

Madri - A Justiça espanhola investiga a morte de uma mulher após comer em um restaurante com uma estrela Michelin, uma das classificações mais importantes do mundo, em Valência, na Espanha, onde 29 clientes apresentaram sintomas de intoxicação alimentar, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

Um juiz de instrução de Valência "abriu uma investigação para esclarecer as causas da morte de uma mulher devido a uma possível intoxicação alimentar, depois de comer com sua família em um restaurante da cidade", indicou um tribunal de Valência em comunicado.

Trata-se do restaurante Riff, inaugurado em 2001 pelo chef alemão Bernd Knöller, e que ganhou uma estrela no prestigiado guia Michelin em 2009.

Um porta-voz do tribunal afirmou à AFP que os investigadores ainda precisam de provas científicas, como o relatório da necrópsia e uma série de amostras, e que, por enquanto, ninguém está sendo investigado.

A secretaria de Saúde da região de Valência afirmou que a mulher, de 46 anos, morreu na madrugada de domingo, 17 de fevereiro, em casa.

Seu marido e seu filho de 12 anos, que comeram com ela no restaurante, também sofreram intoxicação alimentar, mas apresentaram "uma boa evolução com recuperação".

Setenta e cinco pessoas que comeram no restaurante nos três dias anteriores foram interrogadas e, no total, 29 casos de intoxicação foram contabilizados, segundo a mesma fonte.

"Todos os casos, exceto a pessoa falecida, apresentaram sintomas leves, principalmente vômitos e com boa evolução", apontou o comunicado.

Comentários