Mulher mordida por jaguar ao tirar selfie

Visitante pediu desculpas e animal não será sacrificado

Por MH

Mulher é mordida por jaguar ao entrar em área proibida de zoológico para tirar selfie
Mulher é mordida por jaguar ao entrar em área proibida de zoológico para tirar selfie -

Uma mulher teve a infeliz ideia de se meter na jaula de um jaguar (um "primo" da onça) para tirar um selfie, foi atacada pela fera e depois pediu desculpas ao zoológico pelo seu mau comportamento.

A treta aconteceu no Wildlife World Zoo, na cidade de Litchfield Park, Arizona e o nome da desmiolada não foi revelado. Segundo uma testemunha, a mulher avançou a barreira de segurança que separa o público da jaula. O felino não gostou da aproximação e avançou os caninos. A fera abocanhou a mão da visitante, que segurou o membro atacado enquanto gritava desesperadamente.

Um visitante que estava no zoológico com a mãe e duas crianças correu para ajudar a mulher que gritava e disse que a consegiu livrá-la porque a mãe dele conseguiu distrair o animal com uma garrafa de plástico.

Nas redes sociais do zoológico, internautas pediram que o jaguar não fosse sacrificado por causa do incidente provocado pelo compartamento "estúpido" da mulher que se feriu. A vítima pediu desculpas por criar publicidade negativa para o local. O zoológico afirmou que não pretende sacrificar o animal. As informações são do jornal Metro.

Galeria de Fotos

Mulher é mordida por jaguar ao entrar em área proibida de zoológico para tirar selfie Reprodução de vídeo
Mulher é mordida por jaguar ao entrar em área proibida de zoológico para tirar selfie Reprodução de vídeo
Mulher é mordida por jaguar ao entrar em área proibida de zoológico para tirar selfie Reprodução de vídeo